Grupo Vieira da Cunha

Ensolarado

Tempo hoje

Min 8 / Max 19 +mais
Notícias > Política > DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO 28/03/2017 - 19h47 por CRISTIANO LIMA

Fábio Branco prometeu agilizar primeira etapa do distrito industrial do porto

Secretário também ficou de ajudar na liberação de dinheiro para a Uergs e na atração de indústrias têxteis

Fábio Branco: três compromissos com Cachoeira Fábio Branco: três compromissos com Cachoeira

O secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, confirmou seu compromisso de agilizar a liberação de sete hectares na área do distrito industrial do porto de Cachoeira do Sul, como havia antecipado ao Jornal do Povo.

A área de 112 hectares foi repassada em permuta pela União ao Governo do Estado, porém como o investimento total, orçado em R$ 23 milhões, Branco disse que a ideia apresentada pela Prefeitura de liberar para comercialização, na primeira etapa de implantação do projeto, os sete hectares que ficam de frente para a estrada, perto da ligação de água e luz, foi uma "sugestão muito boa", já que a área menor depende de menos investimento e deve ser mais simples para obter licenciamento ambiental.

"Há viabilidade econômica e ecológica. A Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental), órgão onde tramita o projeto também gostou da ideia e vamos montar um grupo de trabalho a fim de providenciar o que for necessário para concretizar esta ideia", comentou. "Não vou chegar aqui com um discurso para dizer que resolverei tudo, mas me comprometo a dar retorno, e se forem necessárias novas reuniões em Porto Alegre, ou aqui, estarei a disposição", completou.

Publicidade




Ele foi palestrante na reunião-almoço, nesta terça-feira, do projeto Cacisc Ao Meio-Dia de hoje, promovido pela Câmara de Agronegócio, Comércio, Indústria e Serviços de Cachoeira do Sul (Cacisc).

RAMAL FÉRREO

Fábio Branco disse que também ficou entusiasmado com a proposta de o Estado auxiliar a reativação do ramal férreo de 6,8 quilômetros que liga a malha principal que passa por Cachoeira até a entrada da Granol. Ele ficou de ser reunir com os executivos da Rumo ALL logística, detentora da concessão de ferrovias no estado, para levar adiante o assunto.

"Isso é como a história de quem veio primeiro, o ovo ou a galinha? Eles querem cargas para reativar o ramal férreo, e as empresas querem o ramal para tentar encaixar suas cargas. Vai depender de muita conversa e articulação, mas estamos dispostos a ajudar. Foi importante essa aproximação do município com a Rumo. Seria um grande diferencial para o distrito industrial poder contar com um entroncamento de modais de transporte, formado pela linha férrea, hidrovia e rodovia", analisa o secretário estadual de Desenvolvimento.

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook