Grupo Vieira da Cunha

Encoberto

Tempo hoje

Min 17 / Max 25 +mais

Vai viajar para a Inglaterra? Saiba se você será atingido pelo Brexit

  

 Está preparando a sua viagem para Inglaterra? Então, dentre outras coisas, você já deve ter procurando um cambio de moedas para comprar suas libras esterlinas. Se vai para ficar alguns dias em Londres, já deve ter separado também as suas galochas ou o seu casaco de frio para enfrentar o clima instável da cidade.

Se você está nessa expectativa da viagem, já deve ter parado para pensar se o Brexit pode acabar afetando de alguma forma suas férias. Reunimos algumas informações para ajudá-lo a entender um pouco o que é esse tal de Brexit e se ele pode ou não te afetar quando for conhecer o país.

O que é o Brexit
Brexit é a junção de duas palavras em inglês, British (britânico ou britânica) e exit (saída). Basicamente, remete à saída do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gale e Irlanda do Norte) do grupo de países que compõem a União Europeia (UE).

Em 2016, depois de um plebiscito realizado nos países do Reino Unido, 52% da população decidiu deixar o bloco europeu. Pelas regras da UE, a saída deveria ser oficializada 2 anos depois de anunciado o egresso.

Quais os termos do Brexit
No Brexit, ficou acordado que o Reino Unido pagaria uma indenização para a União Europeia no valor de 39 bilhões de libras, cerca de R$ 191 bilhões. Também estão tentando pensar em uma forma de evitar uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda.

Publicidade




Outra decisão que foi tomada é quanto à moradia. Os europeus que moram nos países do Reino Unido podem manter as suas residências e também continuam tendo acesso aos serviços públicos, como o de saúde.

A recíproca vale para os britânicos que moram nos diversos países que integram a UE – como Alemanha, Áustria, Itália, Portugal.

Impasses do Brexit
Passados os dois anos, em março de 2019, o Reino Unido ainda não conseguiu estipular as condições para a evasão. A partir disso, alguns políticos do Parlamento Inglês começaram a questionar a viabilidade da saída, indagando quanto aos prováveis prejuízos que essa decisão poderia gerar para os países do Reino Unido.

A população também passou a fazer protestos contra este egresso, gerando ainda mais divergências no parlamento inglês. Alguns grupos pedem um novo plebiscito, ou seja, uma nova consulta à população. Outros, mais radicais, pedem a total anulação do Brexit.

Até o momento, no entanto, o Brexit está mantido, o que significa que o Reino Unido vai mesmo deixar o bloco europeu. No entanto, as regras para isso ainda não estão completamente definidas e, para decidi-las, os parlamentares têm até outubro de 2019.

Se não houver acordo
No deal, em inglês, significa sem acordo. E sim, existe a possibilidade do Reino Unido deixar o bloco europeu sem qualquer tipo de acordo. Neste caso, as populações dos diferentes grupos ficaria completamente impactada.

Além disso, os países poderiam sofrer algumas consequências negativas do ponto de vista econômico, como com relação aos acordos de comércio.

Brexit afeta turistas, mas não os brasileiros
Sim, o Brexit afeta de alguma forma o turismo, mas somente entre os próprios europeus integrantes da UE, ou seja, os turistas brasileiros não são impactados pelo Brexit.

Nós sempre tivemos que apresentar as documentações básicas como o passaporte e o visto de entrada. Já quem nasceu em países da União Europeia pode acessar livremente as outras nações, sem a apresentação destes documentos todos.

O que pode, eventualmente, acontecer, é os turistas acabarem presenciando alguns protestos mais calorosos dos grupos pró e contra o Brexit. Eles podem ficar um pouco mais intensos e a polícia londrina, obviamente, não está preocupada em diferenciar os turistas dos moradores do Reino Unido.

Se necessário, repense o roteiro da viagem
É sempre bom ficar de olho nos noticiários e acompanhar como anda a situação do país que vai visitar. Por isso, se você perceber que os protestos estão mais acirrados, pode ser que compense repensar os roteiros de viagem.

De forma geral, as manifestações acontecem em frente ao parlamento inglês, que fica no prédio Palace of Westminster é, por si só, um baita cartão postal da cidade londrina. Ele fica bem próximo de outros pontos turísticos como o relógio Big Ben, a Westminster Bridge e a Abadia de Westminster. Por isso, atenção redobrada!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o Brexit e percebeu que ele não vai te afetar tanto assim, bora arrumar as malas?  

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook