Grupo Vieira da Cunha
Trovoadas esparsas

Tempo hoje

Min 20 / Max 30 +mais
Notícias > Cidade > Investimento 13/06/2018 - 18h34 por Vinícius Severo

Seis meses para iniciar a construção da unidade do Sest/Senat

Aporte na unidade chegará a R$ 18 milhões. Compra da área foi fechada por R$ 430 mil

Área comprada: investimento de R$ 18 milhões Área comprada: investimento de R$ 18 milhões

Dentro de seis meses, Cachoeira do Sul deve ver o início das obras de sua unidade do Sest/Senat, entidade voltada aos profissionais de transporte espalhada por 149 municípios brasileiros.

A estimativa é do cachoeirense Pedro Lopes, presidente da Associação Brasileira de Logística e Transportes de Cargas (ABTC) e um dos responsáveis diretos pela conquista da unidade para sua terra-natal. 

A compra da área que sediará a unidade, por R$ 430 mil, foi fechada ontem, com solenidade na Prefeitura para assinatura do contrato de compra e venda do terreno que sediará a estrutura de 10 mil metros quadrados, sendo metade de área construída, e que ficará na BR 153, à direita da rodovia, no sentido Cachoeira trevo de Novo Cabrais, pouco antes do Engenho Moraes.

Publicidade




Ao todo, o investimento deve chegar aos R$ 18 milhões e contemplará, além de uma estrutura de atendimento em saúde e lazer para os profissionais do setor, suas famílias e a própria comunidade, também tecnologias para a qualificação dos motoristas profissionais.

Entre os destaques, Cachoeira terá simuladores de direção de veículos pesados, revelou o diretor do Sest/Senat de Santa Maria, Gilberto Storgatto. “Trata-se de um equipamento de última geração para auxiliar no desenvolvimento profissional dos motoristas”, comentou.

FACILITADOR

Quem comemorou a informação foi o diretor da empresa São João, Érico Razzera, que tem um quadro de 160 motoristas ligados à transportadora de passageiros e de carga. “O simulador era tudo que eu esperava, vai trazer facilidade tanto para a admissão de profissionais quanto para reciclagem”, destacou. Estes serviços serão todos gratuitos para os transportadores, reforçou Ivan Mazzini, supervisor do conselho regional do Sest/Senat. “Custo zero”, enfatizou.

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook