Grupo Vieira da Cunha

Parcialmente nublado

Tempo hoje

Min 18 / Max 30 +mais
Edição Impressa
Notícias > Cidade > ALTO GRAU DE DIFICULDADE 13/04/2018 - 19h15 por Patrícia Loss

Quase metade das vagas da UFSM/Cachoeira estão ociosas

Curso de Engenharia Agrícola é o que tem a taxa mais baixa: 40,32% de ocupação

Zanandra Boss com a turma do primeiro semestre de 2018: são 33 alunos Zanandra Boss com a turma do primeiro semestre de 2018: são 33 alunos

Das 1.520 vagas abertas até o momento para os cinco cursos da UFSM/Cachoeira pouco mais de metade estão preenchidas. São 813 alunos, o equivalente a 53,5% do número de acadêmicos que o campus teria se todas as vagas estivessem preenchidas.

A menor taxa de ocupação de vagas é no curso de Engenharia Agrícola: das 320 vagas abertas, somente 40,32% estão sendo utilizadas: 129.

Uma turma completa, de 40 alunos, ingressou na primeira turma de Engenharia Agrícola da UFSM/Cachoeira, em agosto de 2014, e apenas duas acadêmicas deste grupo estão em dia com as disciplinas do curso e aptas, por enquanto, a formar-se no segundo semestre de 2019, quando colaração grau os primeiros estudantes do campus.

Publicidade




Fabiele Schaefer, 21 anos, de Imbé, e Marcela Trojahn, 22 anos, são as alunas que estão na contagem regressiva para a formatura. Dos demais 38 alunos que iniciaram as aulas com elas, parte abandonou o curso e os outros estão com disciplinas pendentes para cursar devido à reprovação ou incompatibilidade de horário para frenquentar as aulas.

A vice-coordenadora do curso do curso, Zanandra Boss, destaca que por seu uma engenharia, a modalidade exige dedicação às displinas de Matemática e Física. "É muito cálculo e quem não tem uma boa base trazida do ensino médio acaba não conseguindo acompanhar as aulas e desiste do curso", frisa a professora.

"Assim como qualquer outro curso de engenharia, o de Agrícola tem grau elevado de dificuldade", acrescenta.

Zanandra ressalta que as turmas de Agrícola estão sempre cheias no começo do semestre letivo e que as desistências já iniciam nas primeiras semanas de aula. No primeiro semestre de 2018 o curso preencheu 33 das 40 vagas disponibilizadas.
 

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook