Grupo Vieira da Cunha
Trovoadas esparsas

Tempo hoje

Min 20 / Max 29 +mais
Notícias > Geral > SUSPEITA DE FRAUDE 09/02/2018 - 16h21 por Patrícia Loss

Pente fino do governo federal suspendeu 594 benefícios do Bolsa Família em Cachoeira do Sul

Dá para recorrer do corte em qualquer Centro de Referência em Assistência Social

Bolsa Família: irregularidades detectados em Cachoeira Bolsa Família: irregularidades detectados em Cachoeira 

Iniciada em 2016 e concluída no final do ano passado, a operação pente fino da União no programa federal de transferência de renda Bolsa Família apontou que 14,42% dos 4.119 beneficiários de Cachoeira do Sul não deveriam estar recebendo a ajuda financeira.

A ação resultou no cancelamento definitivo de 145 benefícios na cidade, e e outros 449 foram bloqueados temporariamente, somando 594 cadastros com irregularidades detectadas nos cruzamentos de dados feito pela Controladoria-Geral da União (CGU).

Os problemas envolvem fraudes e situações de cidadãos que passaram a ter renda superior ao limite previsto no programa federal, entretanto não informaram aos dirigentes locais do programa e seguiram recebendo recursos do Bolsa Família.

Publicidade




Pelas regras do Programa Bolsa Família (PBF), têm direito ao benefício famílias que vivem em situação de extrema pobreza (renda mensal de até R$ 85,00 por pessoa) e de pobreza (até R$ 170,00 per capita desde que tenham em sua composição crianças ou adolescentes de até 17 anos de idade).

Após o cruzamento de informações de bases de dados oficiais, o Ministério do Desenvolvimento Social cancelou os benefícios de famílias em que a renda per capita superava meio salário mínimo (na época R$ 440,00).

Já as famílias com renda entre R$ 170,00 e R$ 440,00 tiveram os benefícios apenas bloqueados e foram orientadas a atualizar o cadastro para, se for o caso, seguirem entre os beneficiários.

Quando o bloqueio ocorre a família pode recorrer diretamente em um Centro de Referência em Assistência Social (Cras) para que a avaliação de documento seja feita novamente, bem como visitas domiciliares para verificar se a família realmente não está mais dentro dos critérios do programa.

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook