Grupo Vieira da Cunha
Ensolarado

Tempo hoje

Min 18 / Max 30 +mais
Edição Impressa
Notícias > Política > Legislativo 06/12/2017 - 18h43 por Vinícius Severo

Câmara vai votar projeto para vereadores ganharem 13º salário

Presidente afirma que irá apresentar projeto e deixar que colegas decidam em plenário

Câmara: presidência apresentará proposta de 13º salário a vereadores Câmara: presidência apresentará proposta de 13º salário a vereadores

O presidente da Câmara de Vereadores decidiu que apresentará um projeto de lei para que os colegas decidam se os parlamentares devem receber 13º salário.

A apresentação da proposta deve acontecer na próxima semana, afirmou o presidente. Ao contrário do que havia dito um dia antes, Paulão Trevisan decidiu não esperar pela manifestação dos vereadores ao seu questionamento sobre a opinião de cada um.

A estratégia será deixar que cada vereador decida em plenário se é favorável ou não ao recebimento do benefício. “Temos vereadores em viagem para Brasília e a Porto Alegre esta semana”, comentou.

Além disso, Paulão garante que a comunidade estaria menos resistente à instituição do 13º salário aos vereadores. “A reportagem do Jornal do Povo mostrou que só os vereadores não recebem 13º além de terem o menor salário entre os agentes políticos. Isso mostra que a Câmara não é culpada pela situação econômica de Cachoeira”, comentou.

SEM UNANIMIDADE

Ainda não é possível apontar o resultado da votação do projeto, que ainda não foi apresentado. Tudo indica que a proposta seja colocada em votação no próximo dia 18, mas não é possível descartar que o processo seja apressado já na próxima segunda-feira. Embora não deem as caras, há alguns vereadores que tem feito maior pressão pela apresentação da proposta. 

Ouvidos pelo do JP anteriormente, somente dois vereadores declararam abertamente serem contra a instituição do 13º salário – Telda Assis (PT) e Marcelinho da Empresa (PP). Este é um indicativo de que se a proposta for levada à votação pode acabar sendo aprovada.

IMPORTANTE

O presidente do Legislativo estima em R$ 70 mil anuais com o pagamento de 13º aos vereadores. Mesmo com a publicação de reportagens sobre o assunto nas semanas em que seguiram, nenhum parlamentar procurou a redação para manifestar contrariedade ao benefício.  

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (9)

  • Lecino  Ferreira
    Lecino Ferreira (Chácara) em 08/12/17 09:24
    ATENÇÃO!! ATENÇÃO!!!

    Apenas 38 funcionários voltados para a "inducação" em greve e o tal de "perfeççor" esécialista em boitatá, mula-sem-cabeça e outros 25 bichos não dá um pio?
    Cadê ôce, vivente?
    E POR FALAR NELE, LEIAM O QUE SAIU NO TRIBUNA DE MINAS DE JUIZ DE FORA-MG:

    "ESCOLAS CANCELAM CONCURSO DE RAINHA DO CARNAVAL EM JUIZ DE FORA
    - Juiz de Fora não terá a realização do concurso para eleger a Rainha do Carnaval em 2018. A decisão foi tomada pelas escolas de samba, após votação, nesta quinta-feira (6), na sede da agremiação Real Grandeza. Segundo o diretor de eventos da Liga Independente das Escolas de Samba de Juiz de Fora (Liesjuf), José Adriano da Silva, a indefinição por parte da Funalfa se haverá ou não desfiles das escolas em 2018 e a não liberação de recursos para o evento foram os motivos para o cancelamento. “Já estava tudo preparado para o concurso, que seria no dia 13 de janeiro, no Parque de Exposições. O objetivo era atrair o público para o local, onde também seriam os desfiles do carnaval, mas por conta da indefinição e a não liberação da verba de R$ 10 mil pela Funalfa, as escolas preferiram cancelar o evento.”

    Adriano afirma que as inscrições para o concurso foram encerradas no dia 30 de novembro, e 13 candidatas se inscreveram. Elas já estavam com apresentações marcadas para os dias 31 de dezembro, no Calçadão da Halfeld, e 12 de janeiro, nas escadarias do Cine-Theatro Central.
    O diretor de eventos da Liesjuf conta que, na próxima terça-feira (12), haverá uma audiência pública na Câmara Municipal, proposta pelo vereador Wanderson Castelar (PT), para discutir a situação do carnaval em Juiz de Fora. A Funalfa não quis se pronunciar sobre o assunto nesta quinta-feira, o que deve ser feito pelo superintendente Rômulo Veiga nesta sexta."

    Aposto uma galinha preta de que agora vamos ter questionamentos!

  • Ione Sanmartin Carlos
    Ione Sanmartin Carlos (Cachoeira do Sul) em 07/12/17 15:29
    Décimo terceiro.

    Estarei lá para ver!!!

  • Lecino  Ferreira
    Lecino Ferreira (Chácara) em 07/12/17 12:01
    Jornal do POVO; que do POVO é o jornal

    POVO é, usualmente, concebido como um CONJUNTO DE INDIVÍDUOS que, num dado momento histórico, constitui uma nação.
    Portanto:
    " O POVO NÃO É E NUNCA SERÁ PALHAÇO"; JÁ SENDO!

  • Luis Fernando Pereira Peres
    Luis Fernando Pereira Peres (Canoas) em 07/12/17 12:01
    Como é que é?

    Eu entendi bem? ou li errado? o Vereador Paulão falou que o povo está menos resistente ao pagamento do décimo terceiro? é isso mesmo? Mas isso é subestimar a inteligência do povo. Por favor JP divulgue o nome dos vereadores que estão dando a maior pressão. E outra Nobre Vereador Paulão, não lhe dei autorização em falar em meu nome, há resistência sim e muita, embora não resida mais em Cachoeira a mais de 20 anos, tenho imóvel na cidade e faço questão de não transferir meu direito de votar ai. Então antes que me cobre que não resido na cidade já está explicado.

  • Delmar  Pereira
    Delmar Pereira (Cachoeirinha) em 07/12/17 11:22
    O povo não é e nunca vão ser palhaços,

    ''Paulão garante que a comunidade estaria menos resistente à instituição do 13º salário dos vereadores''?

    Alem de tudo o nobre Presidente, está faltando com a verdade (para não dizer mentindo) quando afirma com a frase acima que a comunidade estaria menos resistente.
    Será que ele e os outros nossos representantes, vão ter coragem de transitar pelas ruas da cidade se aprovarem (13º salario) esta pouca vergonha? Fica a pergunta para o edil Paulão!

  • Jose Nilton de Freitas Filho
    Jose Nilton de Freitas Filho (Cachoeira do Sul) em 07/12/17 10:54
    Politico brasileiro...

    Pergunto!!!
    Para que serve um vereador.
    Ganhar e conceder beneficios?
    Indicar cidadão honorário?
    Nomear ruas?
    Fiscalizar?
    Legislar para quem?
    Para promover o bem de uma comunidade?
    O que esta certo?
    Mas fazer o que, nos o povo cachoeirense é quem os colocamos lá.

  • Paulo Sérgio Pereira
    Paulo Sérgio Pereira (Porto Alegre) em 07/12/17 08:52
    Votar ou vetar, duas palavras pequenas com significado tão grandioso.

    Nesta hora, os senhores vereadores poderão mostrar a sua sensibilidade.
    No momento de dificuldades por que passam as famílias brasileiras, com seus ganhos escassos, quem já está protegido dos solavancos da economia, como os políticos, é obrigado a fazer uma reflexão:
    - mantemos garantidos os nossos ganhos e ainda iremos aumentá-los de forma tão mesquinha?
    Quem nos paga, através de seus impostos, tem a mesma condição de auto aumentar-se?
    Nossa carga de trabalho aumentou, para que justifiquemos tal conduta?
    A receita do Município aumentou em razão de iniciativa de nossa Câmara de Vereadores?

    Votar a favor do 13º ou vetar o 13º?
    Pensem nisto, e andem pelas ruas da Cidade de cabeça erguida.

  • Claudio Roberto Cheiran
    Claudio Roberto Cheiran (Cachoeira do Sul) em 07/12/17 08:48
    Votação

    A votação do 13° salário dos vereadores terá q ser com votação aberta para o povo saber quem é quem. e após sabermos da votação viemos para as redes sociais para tds ficarem sabendo quem está legislando em causa própria e quem está legislando pelo povo e pelo município.

  • Francisca gonçalves
    Francisca gonçalves (Cachoeira do Sul) em 07/12/17 08:48
    VEREADORES

    ISTO É VERGONHOSO.

mostrar todos (9)

JP no Facebook