Grupo Vieira da Cunha
Ensolarado

Tempo hoje

Min 14 / Max 28 +mais
Edição Impressa
Notícias > Política > PROJETO APROVADO 13/11/2017 - 19h59 por CRISTIANO LIMA

Profissionais do Mais Médicos receberão contrapartidas em dinheiro

Prefeitura está autorizada a criar despesa no orçamento, mas ainda falta projeto para regulamentar valores

Profissionais do Mais Médicos acompanharam a votação: cada um receberá R$ 2,6 mil para custear aluguel, moradia e transporte Profissionais do Mais Médicos acompanharam a votação: cada um receberá R$ 2,6 mil para custear aluguel, moradia e transporte

A Prefeitura deu o primeiro passo para poder pagar em dinheiro as contrapartidas referentes a moradia e transporte para os 10 profissionais que trabalham na rede pública de saúde em Cachoeira do Sul pelo Programa Mais Médicos.

O projeto aprovado por unanimidade na sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira apenas cria um elemento de despesa no orçamento no valor de R$ 26 mil para cobrir as despesas.

Ainda falta o envio de um segundo projeto de lei para regulamentar os valores a que cada médico terá direito a receber, o que deve ocorrer nos próximos 10 dias, segundo disse o procurador jurídico da Prefeitura Leonel Gonçalves.

Ele acrescenta que preferiu não enviar os dois projetos juntos para evitar qualquer tipo de irregularidade que pudesse ser apontada pelos parlamentares. “No meu entendimento primeiro teria de ser criado o crédito adicional no orçamento, para depois enviar o segundo projeto determinando qual o valor que cada médico receberá.

VALOR DAS CONTRAPARTIDAS

Cinco médicos brasileiros e cinco cubanos serão beneficiados com a medida. O auxílio refeição já é pago em dinheiro desde 2015. A ideia da Prefeitura é tentar pagar as contrapartidas em dinheiro já a partir de dezembro deste ano.

O pleito da categoria, que está prestes a ser atendido pela Prefeitura, é que cada médico receba R$ 2,6 mil mensais para cobrir as contrapartidas do Município, sendo R$ 400,00 para transporte, R$ 700,00 para alimentação (já pagos em dinheiro via cartão) e R$ 1,5 mil para o aluguel.

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook