Grupo Vieira da Cunha
Ensolarado

Tempo hoje

Min 14 / Max 28 +mais
Edição Impressa
Notícias > Polícia > Combate ao crime 17/10/2017 - 13h45 por ROBSON NEVES

Brigada Militar prende homem por arrombar carro

Felipe Mendes, o Torto, já havia sido preso no domingo

Torto: preso pelo sargento Laidner Paraguassu Torto: preso pelo sargento Laidner Paraguassu

Logo após arrombar um carro em uma revenda de veículos, Felipe da Silva Mendes, o Torto, 28 anos, foi preso na noite de segunda-feira pela Brigada Militar.

Depois de receber uma denúncia, policiais do setor de inteligência, do Pelotão de Operações Especiais e da 1ª Companhia foram para a revenda, na Rua Alarico Ribeiro, onde prenderam Torto em flagrante.

Ele havia arrombado um carro para furtar o estepe, o rádio e a bateria. Levado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, Torto teve a sua prisão em flagrante lavrada pelo delegado Ricardo Milesi.

No domingo, ele já havia sido detido pela Brigada com um carro furtado, mas não chegou a ser lavrado o flagrante. Desta vez, Torto foi recolhido ao Presídio Estadual de Cachoeira do Sul.
 

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (4)

  • Marcos Antonio Silva
    Marcos Antonio Silva (Cachoeira do Sul) em 18/10/17 14:16
    Uma pergunta !

    Se nestas "TORTURAS" do 'TORTO", se alguém "ENTORTAR" bem ele.
    Mais "ENTORTAR" de não ter mais como "DESENTORTAR", de um jeito que ele só possa ser enterrado.
    Será que vai ser preso ?
    Ou será concedido o beneficio de ficar solto ?

  • Paulo Sérgio Pereira
    Paulo Sérgio Pereira (Porto Alegre) em 18/10/17 08:32
    Perdeu, Playboy! Vá ser "torto" na vida pública!

    O Playboy aqui, é o Aécio, um mau exemplo vindo de cima.
    Mesmo tendo sido aliviado por parte de seus pares, no dia de ontem no congresso (com minúscula).
    Aécio perdeu para si mesmo, por desvio de conduta, por ganância.

    Falta esclarecer o que ele quis dizer com a frase grampeada, referindo-se sobre quem ele mandaria apanhar dinheiro com o Joesley Batista:
    - precisamos mandar alguém que a gente possa matar antes dele delatar!

    Isto é comportamento explícito de mafioso, de gângster.
    Os senadores julgaram o comportamento como normal? Este é o padrão aceito?
    Aguardemos o "desenrolar" deste episódio.

  • Carmem Brendler
    Carmem Brendler (Cachoeira do Sul) em 17/10/17 16:52
    SOLTO????

    Como assim, estava solto, se foi preso no domingo? Estão fazendo a brigada militar perder tempo prendendo, se é para soltar e continuar roubando?

  • Paulo Sérgio Pereira
    Paulo Sérgio Pereira (Porto Alegre) em 17/10/17 16:15
    O "Torto" de duplo sentido:

    - o físico e o desajustado moralmente.
    Terá conserto?
    Neste estágio por que passa o País, será difícil, pois parece que os exemplos que vem de cima, tem sido mais fortes e convincentes.
    E não há cadeia suficiente e nem recuperação no sistema.
    O que é uma pena, pois assim, se perde uma geração inteira, ou mais.

mostrar todos (4)

JP no Facebook