Grupo Vieira da Cunha
Parcialmente nublado

Tempo hoje

Min 17 / Max 26 +mais
Edição Impressa
Notícias > Cidade > Serviços essenciais 11/09/2017 - 16h15 por Vinícius Severo

Água esbranquiçada preocupa moradores do Bairro Fátima

Corsan garante que situação é comum e que a água é própria para consumo

Água: na primeira imagem, água recém servida e na sequência instantes depois Água: na primeira imagem, água recém servida e na sequência instantes depois

A água esbranquiçada que passou a sair da torneira de sua casa no Bairro Fátima preocupou a educadora Janaina Oliveira Alves. O Jornal do Povo foi conferir a situação nesta segunda-feira, e constatou que acontece em pelo menos duas outras casas em uma quadra da Rua Arthur Decker.

Na residência da dona de casa Terezinha Loreto, a reportagem fez o teste. Logo ao sair da torneira, a água sai com uma coloração esbranquiçada, mas em seguida fica incolor. 

Segundo Terezinha, isso passou a ocorrer há alguns dias, quando o abastecimento foi interrompido pela Corsan em virtude das obras de calçamento da Rua Cândido Freitas, na esquina com a Arthur Decker. 

EXPLICAÇÃO

O gerente da Corsan em Cachoeira do Sul, Moisés Calegari, explicou que não há nenhum problema com a água, mas garantiu que irá enviar uma equipe para verificar a rede que abastece as residências da quadra indicada.

Calegari explica que a coloração esbranquiçada é resultado da presença de ar na água. “Essa situação é causada pela variação da pressão interna das tubulações. Isso não afeta a qualidade da água”, garante. Como verificado, Calegari orientou que os consumidores aguardem instantes após servir a água para verificar como ela retorna ao seu estado normal.

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook