Grupo Vieira da Cunha
Ensolarado

Tempo hoje

Min 14 / Max 28 +mais
Edição Impressa
18/10/2017 - 09h21

Poesia infantil

A poesia é, entre outras definições, a manifestação do sentimento estético através da palavra, seja ela em verso ou em prosa. Por poética infantil, entende-se a poesia escrita para crianças no intuito de estimular a imaginação, transmitir valores, trabalhar a sensibilidade, exercitar a memória, adquirir vocabulário e melhorar a expressão oral. Trata-se portanto, de uma ferramenta perfeita para aproximar os pequenos ao mundo das letras e promover o apreço pela leitura. Segundo Carlos Drummond de Andrade, as crianças são poetas por natureza pois desde muito pequenas são instigadas a brincar com a linguagem atentando para o som das palavras, seus significados e intencionalidades. Tal qual um jogo de montar, os vocábulos como passatempo. O lúdico como viéis didático de aprendizagem. Entre os grandes autores que escrevem para os miúdos, destaque para Cecília Meirelles, autora da obra-prima "Ou isto ou aquilo'', Sidónio Muralha, autor do primoroso "A dança dos picapaus'', além de Vinícius de Moraes, João Paulo Paes, Sergio Caparelli, entre outros tantos. Outra referência e nome relevante na poesia e literatura infantil é o nosso Mario Cruz, autor de Gira-gira da girafa Rafa, A caixa de sons, O sumiço do pai de Carol...

Boa leitura e bom divertimento...
Por: Tiago Vargas


Pontinho de vista

Eu sou pequeno, me dizem,
e eu fico muito zangado.
Tenho de olhar todo mundo
com o queixo levantado.
Mas, se formiga falasse
e me visse lá do chão,
ia dizer, com certeza:
— Minha nossa, que grandão!

Pedro Bandeira



A Centopéia

Quem foi que primeiro
teve a ideia
de contar um por um
os pés da centopeia?
Se uma pata você arranca
será que a bichinha manca?
E responda antes que eu esqueça
se existe o bicho de cem pés
será que existe algum de cem cabeças?

Marina Colasanti




Marion Cruz


POEMAS POESIAS VERSOS


Infância

Criança não pode isto
Não pode aquilo
Não entende do mundo
Parece bicho-grilo

Seu adulto mal informado
Falar com criança assim
É muito mal-educado
Se todas crianças pudessem
Tomar banho de chuva
Subir em árvores, pular muro
Sentir medo de bruxa, de escuro

Se todas pudessem
Brincar de professor, de presidente
Pintar paredes, inventar histórias
Nosso mundo seria diferente

Seu adulto, fica sabendo
Que há uma criança escondida
Num cantinho aí dentro
Pode acordar a qualquer momento
Um dia triste, sem graça
Vira do avesso
Quando a infância te abraça.

Marion Cruz 

 

Falando pelos cotovelos

Gente grande e sua fala:
Cotovelo rala?
Fazer gato e sapato...
Bem que eu queria um sapato pro meu gato,
Mas quem iria pagar o pato?
Pato tem conta no banco ou põe dinheiro num buraco?
Amigos da onça?
Vamos por ordem nessa geringonça,
Senão a vaca vai mesmo pro brejo...
Para ser salva pelo touro com um beijo?
Ou fazer para o rato um belo queijo?
Puxa, assim nem que a vaca tussa!
Epa, será que essa vaca é russa?
Chiiiii!! Isso virou conversa pra boi dormir!
E não acorde o boi pra ele não fugir...
Macaco velho não põe a mão em cumbuca.
Então, cuidado com essa arapuca!

Mônica Gomes Vico

 

Meu dicionário

Esbarrei no meu dicionário
Que pela minha frente cruzou
E fiquei assustado
Pelas palavras que dele saltou.
Eram muitos os verbetes
Desde abadejo à zootecnia .
E encontrei até cuspidela,
Escore esculmilha .
Foram tantas as surpresas boas
Que deu vontade de conhecer mais
E assim me tornei um bom leitor
Ampliando o meu vocabulário voraz.
Hoje vejo no meu dicionário
Um amigo , às vezes doce ou simplesmente cruel.
E espero que cada pessoa também possa esbarrar
No seu ortográfico amigo fiel.

Diego Venturini de Souza Garcia

 

Imaginação

Com vários lápis coloridos
desenho e pinto
como uma brincadeira divertida
a minha imaginação
não para sobre o papel
vou desenhando
um lindo jardim
florido e colorido
cheio de alegria.

Estéfani Brito dos Santos

 

Tempo

Tarde chuvosa
tempo nublado
cheguei em casa todo molhado.

fui me secar
toalha não tinha
fui ver
a casa não era minha.

Jeferson Padilha

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

Postagens mais recentes de Blog da Poesia

mais postagens de Blog da Poesia

JP no Facebook