Grupo Vieira da Cunha

Ensolarado

Tempo hoje

Min 8 / Max 19 +mais
17/05/2019 - 09h56

Para melhorar nossas vidas

O livro nasceu baseado nos quadros e assuntos mais frequentes do programa “Momento Zen”, de Monja Coen. “Zen para distraídos” (Editora Academia, 222 páginas, R$ 36,90) tem em sua essência problemas comuns de pessoas reais e a ideia foi usar o budismo no cotidiano e entender como ele pode melhorar nossas vidas, tirando o foco dos problemas, da agitação, da distração e aplicando-o nas soluções, na qualidade de vida e no aproveitamento de cada momento.

O programa “Momento Zen,” transmitido toda segunda-feira, às 19h 30, pela Rádio Mundial, tornou-se uma das maiores audiências da emissora, que está no ar desde 1993, prezando pela diversidade de conhecimentos na busca da evolução individual e coletiva. A emissora oferece pluralidade de terapias e filosofias para auxiliar o ouvinte em sua trajetória de vida.

O livro mostra que viver nos grandes centros urbanos é um convite à distração e manter o foco em tarefas simples, por mais fácil que pareça, se torna impossível com o excesso de informações e afazeres diários. Assim, aplicando o budismo, revela que é possível aprender técnicas de meditação, compreender o carma, entender o nirvana, descomplicar o amor, praticar o desapego, ser mais prático, filtrar as informações e fazer melhores escolhas.

Publicidade




Primaz fundadora da Comunidade Zen Budista
Zendo Brasil, criada em 2001, com sede no bairro do Pacaembu, em São Paulo, Monja Coen teve seu primeiro contato com o zen-budismo no Zen Center de Los Angeles, onde fez os votos monásticos em 1983. Residiu por oito anos no Mosteiro Feminino de Nagoia, no Japão, onde graduou-se como monja especial, habilitada a ministrar aulas de budismo para monges e leigos.

Em sua comunidade, mantém atividades regulares, como cursos, liturgias, retiros, palestras, entre outras. É constantemente convidada a dar palestras em empresas e instituições de ensino em várias localidades do país.

 

Trecho:

“Somos a vida da Terra, somos filhos da Terra. Da Terra e do Sol, sem o qual não sobreviveríamos. Mas Sol e Terra não vivem se não houver esse equilíbrio cósmico entre os planetas. Somos a vida do sistema solar. Mas o sistema solar também não vive sem todos os outros sistemas e galáxias, que também não vivem sem o equilíbrio cósmico de todo o resto, que passamos a chamar de Universo e que já vem sendo chamado de Pluriverso. Nós somos a vida do infinito, feitos da mesma matéria das estrelas; somos pó de estrelas, somos luz. Por isso, aprecie cada instante. Neste momento, abra seu coração para a compaixão, abra sua mente Buda, iluminada, a mente que compreende com clareza todos os seres e os respeita em sua dignidade. E, com isso, estenda o seu amor a toda vida do Universo. Você se verá abençoado pela luz, por sua luz, que emana em todas as direções.”

(página 55)

 

VINHO E SUAS LOUCURAS

A jornalista profissional Bianca Bosker não sabia muito sobre vinhos até que descobriu o mundo da elite dos sommeliers que se dedicam a vida a buscar um sabor especial da famosa bebida. Daí surgiu “Cork dork: Loucos por vinho” (Editora Sesi-SP, 376 páginas, R$ 59,90), em que desvenda grupos secretos de degustação, os seletos restaurantes de Nova Iorque, as vinícolas industrializadas da Califórnia e muito mais sobre o vinho.

 

REPENSANDO A EXISTÊNCIA

Em “Senhora do Sol” (Editora Sextante, 240 páginas, R$ 39,90), o advogado, professor de Direito e escritor Pedro Siqueira traz a história do padre José, que comete um grave erro e busca refúgio no Santuário de São Miguel Arcanjo, onde começa a repensar a sua existência e sua vocação. O livro é o final da trilogia que conta ainda com as obras “Senhora das águas” e “Senhora dos ares.”

 

Leituras:

“-Olha o assado com o espeto, cadete Romualdo, que
vai-se embora!
Julguei que era algum gaiato que pretendia furtar-me o
churrasco; mas o baiano repetiu:
-Acuda, meu cadete, que o assado vai de trote!....
Corri, e que vi?
O churrasco, sim senhor, borrifado de salmoura, já
chiando na gordura, que ia andando pelo chão...dava a ideia de um cágado sem pernas, mas de cabeça e cauda mui compridas!...
Acudiram então outros rapazes, muitos, quase todos: e
todos viram o churrasco arrastando-se, fugindo da fogueira.
Então rompeu o sol. Foi quando se pôde verificar a
coisa: o espeto era uma cobra!
Como estava dura, dura de frio, aguentara todo o
trabalho de atravessar o churrasco e ser cravada ao lado do fogo: depois o calor começou a assar a carne e a aquecer o espeto, isto é, a cobra, que se foi reanimando, revivendo. E logo que ela sentiu-se quentinha e de saúde, tratou de escapar.”

(Simões Lopes Neto, em “Casos do Romualdo,” página 114, lançado em 1952 pela Editora Globo).

 

Rodapé:

Reunindo receitas práticas e variadas para o dia a dia, ingredientes acessíveis a todos os bolsos e um dos chefs mais carismáticos da televisão brasileira, acaba de sair “A cozinha de Daniel Bork” (Editora Alaúde, 192 páginas, R$ 59,90). Daniel escolheu mais de 80 pratos para celebrar os 20 anos de carreira neste livro, com receitas de carnes, aves, peixes, acompanhamentos, lanches, tortas, bolos e doces.
 

Destaques:

À SUA ESPERA
 

Autora: Abbi Glines 

Depois de anos sendo maltratada pela família e pelos colegas por causa de um distúrbio de aprendizagem, Reese conquistou sua liberdade e mora sozinha trabalhando como diarista para famílias ricas da cidade. No entanto, seu sustento fica ameaçado quando ela causa um acidente em uma casa. Ao ser salva por Mase, um rapaz atencioso e com charme de caubói, ela fica surpresa. Ninguém se preocupava com ela e entre os dois nasce uma ardente paixão. A autora Abbi Glines tem diversos livros nas listas dos mais vendidos dos Estados Unidos e seu trabalho é focado em histórias sensuais.

Editora Arqueiro. 235 páginas. R$ 34,90.

OS OSSOS DA NOIVA

Autor: Charles Kiefer 

A história acontece em 1958 em Pau-d’Arco, cidade pacata e simples de colonização alemã. A tragédia ao estilo grego começa quando chega José Cármio, um caixeiro- viajante bem vestido, atraente e negro, Filha e herdeira das Ferragens Brechen, Circe Brechen, apaixona-se por ele e o namoro acontece, quebrando códigos secretos e criando um drama transcendental. Nascido em Três de Maio, Charles Kiefer tem mais de 30 livros publicados e vive atualmente em Porto Alegre.

Editora Amarilys. 122 páginas. R$ 26,00. 

(Com a colaboração de Viveiro Cultural)    

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

Postagens mais recentes de Blog dos Livros

mais postagens de Blog dos Livros

JP no Facebook