Grupo Vieira da Cunha

Chuvoso

Tempo hoje

Min 8 / Max 18 +mais
03/11/2018 - 08h09

A melhor obra de Deus

De todas as obras maravilhosas de Deus, a graça é a melhor e mais importante, diz o famoso pastor e escritor americano Max Lucado, na apresentação de um de seus mais recentes livros: “Graça” (Editora Thomas Nelson, 218 páginas, R$ 32,90), lançado no ano passado. “É a melhor ideia de Deus, nada escapa de seu alcance e nada pode modificar tão profundamente a vida humana quanto ela,” acrescenta ele.

Lucado afirma ainda na apresentação que diferentemente de qualquer outra manifestação religiosa ou conceituação filosófica, a graça expõe a própria dinâmica de vida proposta por Deus. Neste sentido, o livro pretende abordar a graça a partir de sua origem divina, mostrando como ela faz acontecer o seu propósito dentro das realidades humanas e destacando como o esforço humano se diferencia da maneira pela qual Deus se relaciona, redime e restaura das pessoas.

O conhecido escritor brasileiro Augusto Cury, autor de vários best sellers, como “O código da inteligência”, “O homem mais inteligente da história”, “O médico da humanidade”, entre outros, aponta que o livro de Lucado leva os leitores a serem cristãos sem fronteiras e a desenvolverem uma espiritualidade inteligente, que respeita as diferenças.

Publicidade




Os elogios não param por aí. O pastor e cantor André Valadão diz que o livro de Lucado “nos surpreende com simplicidade e, ao mesmo tempo, intensidade ao falar de forma tão palpável e próxima sobre aquilo que nos mantém de pé e nos permite sonhar: a graça.”

Max Lucado escreveu mais de setenta livros, publicados em dezenas de idiomas, totalizando até agora cerca de 80 milhões de exemplares. É considerado o líder no seguimento de inspiração cristã nos Estados Unidos e muitos de seus títulos já frequentaram as listas de best sellers.

Casado com Denalyn e pai de três filhas, ele trabalhou com a esposa como missionário por cinco anos no Rio de Janeiro e atualmente atua como pastor em San Antônio, Texas.

 

Trecho:

“Você já foi mudado pela graça? Moldado pela graça? Fortalecido pela graça? Encorajado pela graça? Suavizado pela graça? Agarrado pelo pescoço e sacudido até perder os sentidos pela graça? A graça de Deus é abundante. Superabundante. Como uma correnteza que vira você de ponta-cabeça. A graça vai em sua busca. Ela reestrutura você. De inseguro a seguro em Deus. De cheio de arrependimentos a uma pessoa melhor por causa dela. De alguém com medo de morrer a alguém pronto para voar. A graça é a voz que nos chama a mudar e,assim, dá-nos o poder de sermos bem-sucedidos.
Quando a graça acontece, não recebemos um elogio de
Deus, mas um novo coração.”

(página 20)

 

UM PASSO NA LUA

No mês de julho de 1969, Neil Armstrong pela primeira vez pisou na superfície da Lua. Foi o pequeno passo para um homem e um grande salto para a eternidade, como disse o astronauta na ocasião. Diante da magnitude do evento e da mística que se criou, muito se escreveu a respeito. Agora o historiador James R. Hansen lança a biografia de Neil Armstrong, falando sobre os bastidores da missão Apolo, os percalços da fama e a trajetória do homem desde a infância até depois da Nasa. É “O Primeiro Homem” (Editora Intrínseca, 215 páginas, R$ 59,90), elaborado após mais de 120 entrevistas, exame de documentos e outras pesquisas sobre o assunto.

 

A FOTO FAMOSA

Kim Phuc Phan Thi ficou mundialmente conhecida pela imagem registrada pelo fotógrafo Nick Ut, da Associated Press, durante a Guerra do Vietnã, em junho de 1972. Na imagem, Kim, então com nove anos, corre queimada após um ataque a bomba, sem roupas, em meio a crianças e soldados. Em “A menina da foto” (Editora Mundo Cristão, 320 páginas, R$ 49,90), Kim apresenta uma autobiografia, dando detalhes da sua história, desde a infância no Vietnã, a devastação da guerra e a opressão do regime comunista. Conta também que teve um terço de seu corpo queimado pela bomba de Napalm jogada pelos americanos, que destrói a pele a mais de dois mil e setecentos graus, causando cicatrizes irreversíveis e dores excruciantes por toda a vida.

 

OS ENSINAMENTOS DE GISELE

A supermodelo Gisele Bündchen mostra a sua jornada desde a infância no Rio Grande do Sul à consolidação de uma carreira internacional em “Aprendizados” (BestSeller, 240 páginas, R$ 44,90), livro em que mostra a verdadeira Gisele, uma mulher cuja vida privada é o oposto de sua imagem pública. Ela fala também sobre a maternidade e o casamento com Tom Brady e sua marca permanente na indústria da moda. Por fim, dá quatro ensinamentos que considera fundamentais em seu desenvolvimento pessoal e espiritual: clareza, foco, dedicação e humildade.

 

Leituras:

“Como adquirimos fé no coração? Ouvindo. A fé vem pelo ouvir. A fé não vem porque somos inteligentes ou porque somos maduros. A fé vem ao ouvirmos diariamente sobre nossa visão. Não adianta ficarmos gritando repetidamente aos quatro ventos: Eu quero ter mais fé! Isso é a mesma coisa que chegar na horta e gritar: “Horta, dá-me tomates! Horta, dá-me alface!” Não haverá colheita se não houver semeadura.”

(Sérgio da Silva Almeida, patrono da 34ª. Feira do Livro de Cachoeira do Sul, em “Sucesso é viver na contramão do mundo”, página 209, lançado em 2011).

 

Rodapé:

O registro triste da semana vai por conta do anúncio do pedido de recuperação judicial da Livraria Cultura, que há dois anos enfrentava uma situação financeira difícil. Estima-se que as dívidas da Cultura ultrapassem R$ 70 milhões e a intenção com o pedido é começar uma renegociação com os fornecedores.

 

Destaques:

A GÊNESE

Autor: Allan Kardec 

Com tradução de Salvador Gentile, este livro tem como objetivo o estudo dos três pontos diversamente interpretados e comentados até agora: a gênese, os milagres e as predições, em suas relações com as novas leis que decorrem da observação dos fenômenos espíritas. Como diz na apresentação, a obra é um complemento das aplicações do Espiritismo de um ponto de vista especial.

Editora boa-nova. 348 páginas. R$ 10,80.


PATACOADAS

Autor: Patrícia Auerbach 

Traz histórias cômicas vividas quando criança por esta autora, também arquiteta e professora, nascida em São Paulo em 1978. São trapalhadas, como fazer xixi na calça de tanto rir, uma sacola de maçãs arrebentando e muitas outras, que fizeram com que tivesse muita vergonha na época mas que se tornaram lembranças deliciosas da infância.

Editora Escarlate. 90 páginas. R$ 28,70.        


(Com a colaboração de Viveiro Cultural)     

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

Postagens mais recentes de Blog dos Livros

mais postagens de Blog dos Livros

JP no Facebook