Grupo Vieira da Cunha
Trovoadas esparsas

Tempo hoje

Min 20 / Max 29 +mais
14/09/2018 - 08h53

Romântico e excitante

Nora Roberts é um verdadeiro fenômeno editorial. É a autora de maior destaque da lista de mais vendidos do The New York Times, na qual acumula mais de 800 semanas de presença ao longo da carreira. Autora de mais de 200 romances, seu livros já foram traduzidos para 25 idiomas e publicados em todo o mundo. 

“Os romances de Nora Roberts são os melhores do gênero,” diz o USA Today. “Não é possível engarrafar sonhos, mas Nora Roberts consegue preencher páginas com muitos deles”, elogia o The New York Times. “Excitante, romântico, uma ótima leitura,” resume o Cosmopolitan. E por aí vão os elogios para ela que já vendeu cerca de 500 milhões de livros e é considerada a romancista favorita dos Estados Unidos.

Eleanor Marie Robertson nasceu em 10 de outubro de 1950, em Silver Spring, Maryland, sendo a única filha e a mais jovem de cinco irmãos. Ela possui descendência irlandesa, pois tanto seu pai quanto sua mãe têm ancestrais irlandeses. Criada em uma família de leitores ávidos, sempre esteve em contato com a literatura, considerando-a importante.

Publicidade




Começou a escrever durante uma nevasca, ocorrida em fevereiro de 1979, enquanto estava presa em casa com os dois filhos. O trabalho de Roberts foi fundamental para mudar a cara dos romances, afastando-os do padrão com uma heroína virgem de dezoito anos e uma representação superficial do personagem masculino. Muitas das obras lidam com assuntos relacionados à família. A autora acredita que o seu senso familiar é uma parte importante dela e de seu amadurecimento. Considera a família importante e isso reflete-se em seus livros.

Um de seus livros famosos é “A ilha dos deuses” (Editora Harper Collins, 204 páginas, R$ 29,90), que conta a história de Morgan James, que está de férias na casa de sua melhor amiga casada com um milionário grego. Tudo parecia perfeito, até Morgan ser abordada na escuridão por um homem armado com uma faca, provocando em seu corpo o gosto amargo do terror.

Eis que aparece Nick para protegê-la e ele a envolve com seu magnetismo e mistério. Rico, charmoso e sedutor, Nick domina Morgan com beijos ardentes e ela se vê diante de um dilema com a suspeita de assassinato que recai sobre o misterioso amante.

 

Trecho:

“Dessa vez, não a amou com gentileza, mas sim com urgência. Tão desesperada quanto ele, Morgan deixou que a paixão tomasse as rédeas. O medo de que aquela fosse a última vez tornou suas respostas e exigências ainda mais selvagens. Ela acendeu um fogo nele.
Onde as mãos longas antes deslizavam vagarosas,
agora disparavam. Onde os lábios gentis haviam sussurrado, mostravam-se brutos. Morgan se atirou às chamas sem pensar duas vezes. A boca, sôfrega, sentia o sabor másculo, enquanto as mãos se apressavam em tocar e excitar.
Nunca antes sentira o corpo tão ágil. Capaz de se
fundir ao dele em um momento, e no outro, recuar para levá-lo à loucura. Podia ouvir o desejo de Nick, na respiração pesada, na tensão e no tremor dos músculos exaltados, enquanto vagava sobre eles, saboreando a umidade da pele quente que combinava com a dela e, mais uma vez, se encontraram em perfeita harmonia.”

(página 187)

 

MAIS VENDIDOS I

Mais uma vez, a lista dos mais vendidos do mês de agosto não traz novidades em relação aos primeiros colocados, segundo levantamento da revista virtual PublishNews, em pesquisas feitas em todo o país. “As aventuras na Netoland com Luccas Neto”, de Lucas Neto, permanece em primeiro, desta vez subindo para 50.428, rompendo uma trajetória de queda nas vendas. O segundo colocado, “A sutil arte de ligar o foda-se”, também subiu, quebrando a tendência de queda, o mesmo se dizendo sobre o terceiro colocado. 

 

MAIS VENDIDOS II

É a seguinte a lista dos dez mais vendidos de agosto de 2018:

1º. “As aventuras na Netoland com Luccas Neto” 50.428
(Luccas Neto)

2º. “A sutil arte de ligar o foda-se” 47.828
(Mark Manson)

3º. “O milagre do amanhã” 23.799
(Hal Elrod)

4º. Seja foda!” 18.851
(Caio Carneiro)

5º. “O poder da autorresponsabilidade” 17.811
(Paulo Vieira)

6º. “Felipe Neto –a vida por trás das câmeras” 16.727
(Felipe Neto)

7º. “Me poupe!” 16.516
(Nathalia Arcuri)

8º. “Poesia que transforma” 15.280
(Bráulio Bessa)

9º. “Combate espiritual” 15.147
(Padre Reginaldo Manzzotti)

10º. “O poder da ação” 12.775
(Paulo Vieira)

 

HISTÓRIAS DE JORNALISTAS
.
A Globo Livros está lançando “Correspondentes” (532 páginas, R$ 49,90), reunindo mais de 100 histórias de jornalistas que foram ou são correspondentes da Rede Globo. São experiências marcantes da carreira destes profissionais, percorrendo 49 países em relatos inéditos, fazendo o leitor viajar no tempo e no espaço. São eles: Caco Barcellos, César Tralli, Edney Silvestre, Ernesto Paglia, Ilze Scamparini, Jorge Pontual, Lucas Mendes, Luis Fernando Silva Pinto, Marcos Losekann, Marcos Uchoa, Pedro Bial, Renato Machado, Ricardo Pereira, Roberto Feith, Roberto Kovalick, Rodrigo Alvarez, Sandra Passarinho, Sérgio Motta Mello, Silio Boccanera e Sônia Bridi.



Leituras:

“Minha mãe sempre trabalhou muito, lavava as nossas roupas, no início lá no açude do avô, nas valetas da lavoura de arroz e depois no próprio açude, fazia o almoço, a janta, pão, cucas, bolachas. Costurava de tudo para toda a família, desde cobertores, casacos, bombachas, calças, vestidos, cuecas, etc. Também costurava para a vizinhança. Tudo numa máquina preta Singer, que ainda existe. Tudo isso era para fazer uns trocados, pois o dinheiro da colheita era pouco para o tamanho da família.
Também fazia suas quitandas, com queijos, manteiga,
ovos, banha, galinhas, marrecos. Ela também fazia a limpeza ao redor da casa, comprava as tintas com o dinheiro das quitandas e pintava a casa. Era também metida a carpinteiro e pedreiro, pois fazia reformas na casa, nos móveis, construía seus chiqueiros para seus animais.”

(Geraldo Maus, em “Carl Ludwig Streck e descendentes –Relatos e Memórias”, página 126, lançado em 2015).

 

Rodapé:

A Editora Intrínseca está lançando a Coleção Pipoquinha, com a proposta de adaptar grandes clássicos do cinema pop para livros direcionados ao público infantil. Um dos primeiros títulos anunciados é “E.T. –O extraterrestre” (48 páginas, R$ 49,90), tomando por base o filme que foi uma das primeiras obras a consagrar o diretor Steven Spielberg. Os próximos livros da coleção serão “De volta para o futuro” e “Esqueceram de mim.”

 

Destaques:

CINQUENTA TONS DE CINZA

Autor: E.L. James 

Quando a estudante de Literatura Anastasia Steele entrevista o jovem bilionário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ao embarcar num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos. Escrito pela ex-executiva de TV, moradora em Londes, casada e com dois filhos, o livro é um fenômeno editorial e virou filme.

Editora Intrínseca. 455 páginas. R$ 29,90.


PARE DE SE SABOTAR E DÊ A VOLTA POR CIMA

Autor: Flip Flippen 

Para este autor, o ponto de partida para o verdadeiro sucesso é o autoconhecimento: quando você conhece a si mesmo, pode compreender melhor as características de sua personalidade e identificar suas limitações. Segundo ainda o autor, descobrir os traços que mais atrapalham a sua vida é o primeiro passo do programa de superação das limitações. O segundo é adotar medidas práticas para transformar comportamentos negativos em atitudes positivas.

Editora Sextante. 159 páginas. R$ 21,90


(Com a colaboração de Viveiro Cultural)

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook