Grupo Vieira da Cunha
Trovoadas esparsas

Tempo hoje

Min 23 / Max 30 +mais
Edição Impressa
Notícias > Política > TROCA DE COMANDO NO PAÇO MUNICIPAL 01/01/2017 - 20h29 por CRISTIANO LIMA

Ghignatti pega novamente as chaves da Prefeitura depois de quatro anos

11 secretários receberam portaria de designação e já estão oficialmente aptos para assumirem suas funções a partir desta segunda-feira

Fotos - Clique na imagem para abrir a galeria
7 imagens Ghignatti e Cleber: hora de arregaçar as mangas Ghignatti e Cleber: hora de arregaçar as mangas

Depois de ser empossado formalmente no cargo de prefeito em solenidade na Câmara de Vereadores, no final da tarde deste domingo Sérgio Ghignatti foi ao Paço Municipal, ao lado do vice-prefeito Cleber Cardoso, pegar as chaves da Prefeitura, quando foi realizado um breve cerimonial.

A posse dos novos secretários municipais aconteceu ainda na tarde de domingo, no gabinete do prefeito. Todos os 11 receberam portaria de designação e já estão oficialmente aptos para assumirem suas funções a partir desta segunda-feira.

Ghignatti demonstrou estar otimista com a equipe, mas optou por um discurso de humildade pedindo "ajuda à população para que o PDT consiga fazer um bom governo durante os próximos quatro anos, buscando superar as adversidade para reencontrar o "engrandecimento e desenvolvimento de Cachoeira do Sul".

Recorrendo a metáforas nos dois discursos - na Câmara e na Prefeitura -, GG revelou um lado espiritualizado, até então desconhecido pela maioria dos cachoeirenses.

"A cidade pode ser comparada a um barco, e quanto mais pessoas puderem ajudar a segurar o leme no caminho certo melhor, para que a embarcação não fique nunca à deriva", declarou no discurso de posse no Legislativo Municipal.

Depois, na Prefeitura o prefeito recorreu aos dogmas maçônicos para novamente convocar à população a participar do seu governo. 

"A natureza nos ensina a lidar com muitas coisas. Quando ao olharmos o toscos selvagens, os índios, e se perceber no horizonte que há sinais de fumaça, em seguida rufam os tambores, cujo ritmo vai acelerando conforme a proximidade da batalha. Estudamos isso na maçonaria. Pois bem, todos aqui estão convocados para esta luta, porque os tambores já estão em uma intensa frequência, e com a benção dos nossos deuses, anjos e arcanjos iremos "engrandecer Cachoeira", invocou o prefeito em tom emocionado.

Ghignatti também deixou claro que precisa contar com os vereadores e com a força política do deputado estadual Marlon Santos, para contornar dívidas, diminuição da arrecadação e dos repasses da União e do governo do Estado, que comprometem em séria medida os recursos livres do Município.

"Marlon será o presidente da Assembleia Legislativa em 2018, e o apoio dos vereadores será decisivo para que possamos operar as mudanças necessárias", frisou GG, sinalizando que sabe da importância dos parlamentos para administrar a cidade.

CAMINHADA

Ao fim da solenidade de posse na Câmara de Vereadores, Ghignatti e Cléber, acompanhado de secretários, familiares e de dezenas de pessoas da comunidade, fizeram uma caminhada até a Prefeitura percorrendo a Rua Moron.

No percurso, Ghignatti parou em frente ao local onde ele a família moraram na década de 50. Apesar da casa não existir mais, o prefeito e a família, relembraram rapidamente histórias de seu passado.
 

Neiron recebeu Ghignatti em frente ao Paço Municipal

Neiron Viegas, prefeito que se despediu do cargo neste domingo, recepcionou o Sérgio Ghignatti e Cléber Cardoso em frente ao Paço Municipal e conduziu os novos administradores até segundo andar do prédio histórico para proceder a entrega das chaves da Prefeitura.

Antes de receber a chave, Ghignatti destacou a seriedade com que Neiron tratou o dinheiro público e o trato com a administração municipal.

Após receber a chave e fazer fotos em frente a janela principal, Neiron enfatizou que estava vivendo um momento de muita emoção.

“Quando tive a certeza de sua candidatura, decidi ali que não poderia concorrer a reeleição. Não poderia ser ingrato e esquecer meu passado. Sei da confiança que o senhor teve em mim e espero que no seu quadro de colaboradores encontre pessoas que possa confiar como confiou em mim”, relembrou ele, que foi secretário na gestão anterior de Ghignatti. 

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (1)

  • Paulo Sérgio Pereira
    Paulo Sérgio Pereira (Porto Alegre) em 02/01/17 09:37
    Ao timoneiro GG: navegar é preciso...

    Esta é a origem da frase citada no poema de Fernando Pessoa:
    - "Navigare necesse; vivere non est necesse" - do latim, frase de Pompeu, general romano, 106-48 aC., dita aos marinheiros, amedrontados, que recusavam viajar durante a guerra (cf. Plutarco, in Vida de Pompeu).
    A certeza do destino, depende da precisão do timoneiro.
    Que o prefeito eleito GG, tenha a sabedoria de bem conduzir o destino de Cachoeira do Sul nestes próximos anos.
    De suas habilidades, depende a felicidade de muitas pessoas.
    Boa sorte a todos, um feliz 2017.

JP no Facebook