Grupo Vieira da Cunha
Parcialmente nublado

Tempo hoje

Min 9 / Max 21 +mais
Edição Impressa
Notícias > Polícia > Infância protegida 19/05/2017 - 13h47 por ROBSON NEVES

Polícia Civil combate exploração sexual em Cachoeira do Sul

Agentes foram em duas casas noturnas, mas menores não foram encontrados

Fiscalização: Polícia não encontrou menores Fiscalização: Polícia não encontrou menores

Duas casas noturnas foram fiscalizadas na noite desta quinta-feira durante a Operação Cinderela, desencadeada pela Polícia Civil para combater o abuso e a exploração sexual praticados contra crianças e adolescentes em Cachoeira do Sul.

Cerca de 20 pessoas foram identificadas nestas boates, mas a Polícia Civil não encontrou menores de idade. Os policiais ainda foram a outras cinco casas, mas elas estavam fechadas.

Em virtude da chuva, os oito agentes não encontraram jovens se prostituindo nas ruas da cidade, como a Avenida Brasil e a Rua Júlio de Castilhos.

A ofensiva em Cachoeira integrou uma operação estadual liderada pelo Departamento Estadual da Criança e do Adolescente.
 

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (6)

  • Lecino  Ferreira
    Lecino Ferreira (Chácara) em 22/05/17 23:35
    O QUE ACONTECERÁ COM TEMER?

    Resposta:
    - Aos 75 anos, podre de rico vai ficar feliz da vida ao lado de um monumento chamado: Marcela.
    O resto que se exploda!

  • Lecino  Ferreira
    Lecino Ferreira (Chácara) em 22/05/17 22:24
    DELMAR

    Para tu veres, amigo, como o nosso JORNAL é realmente DO POVO e democrático, não é mesmo! Um xiru mequetrefe, que se acha professor, chamar um patrimônio da cidade de jornaleco tem que ser MESMO um professoreco sem um pingo de educação.

    A propósito, o Jota Pê tem precisamente 88 anos de existência; quase UM SÉCULO. Não é qualquer jornal, no Brasil, que tem uma vida longeva como o Jornal do Povo, que do POVO é O JORNAL.

    OBS.: Ele ficou com raiva, de pisar nas calçolas pink, quando - no comentário abaixo -, falei do verdadeiro know- how dele. huáhuáhuáhuáhuáhuáhuáhuáhuáhuá....

  • Delmar  Pereira
    Delmar Pereira (Cachoeirinha) em 22/05/17 17:45
    Coisas de JORNALECO,

    Até quando vão deixar este ''PROFESSORZINHO que deve ser de MEIA TIGELA'' depreciar este importante JORNAL de quase meio seculo de existência e importante meio de comunicação para a comunidade de Cachoeira do Sul.
    E ainda utilizando tempo e horários destinado ao trabalho (pago pelos contribuintes), ou será que ninguém vê isso?

  • Luciano Iserhardt Scherer
    Luciano Iserhardt Scherer (Cachoeira do Sul) em 22/05/17 15:06
    QUE FEIO JP!

    Colocar no ar uma diarreia verbal pode... mas dar resposta em nível quase próximo não?

    Mas viver na cidade e ver o que acontece escancaradamente é algo 'duvidoso e perigoso'. Dar espaço ao que um abobado escreve e insinua não!

    Coisas de JORNALECO...

  • Lecino  Ferreira
    Lecino Ferreira (Chácara) em 19/05/17 15:35
    POIS É...

    ... só quem vive no meio do baixo meretrício sabe onde são os "pontos".
    Aí, seu "puliça" sigam o conselho do professor; ele demonstrou com propriedade know-how no assunto.

    É sério pessoal, no comentário dele ele demonstra sapiência delatando os "points".
    Huáhuáhuá...huáhuáhuá...

  • Luciano Iserhardt Scherer
    Luciano Iserhardt Scherer (Cachoeira do Sul) em 19/05/17 14:13
    É?

    Mas se quiserem MESMO achar é bem fácil: de segunda a segunda, do inicio da noite até o meio da madrugada na esquina da Ivo Becker com Avenida Brasil e na esquina da Santos Dumont com Júlio de Castilhos.
    Levem um 'camburão' grande, para não haver falta de espaço.
    Ocasionalmente em frente ao Banco do Brasil da Sete de Setembro e nas imediações das paradas de ônibus da Praça Honorato também.

mostrar todos (6)

JP no Facebook