Grupo Vieira da Cunha
Ensolarado

Tempo hoje

Min 10 / Max 22 +mais
Edição Impressa
Notícias > Polícia > Prejuízo de R$ 5 mil 20/04/2017 - 14h19 por ROBSON NEVES

Dupla armada assalta empresa na zona norte

Bandidos levaram o dinheiro do pagamento dos funcionários da Usimaq

A secretária Tatiane Amaral, 23 anos, foi rendida por dois bandidos ao chegar à Metalúrgica Usimaq e foi obrigada a entregar aos marginais o dinheiro que seria usado para pagar os 12 colaboradores da empresa, nesta quinta-feira, na Avenida Brasil.

Por volta das 11h, Tatiane deixou a agência do Banco do Brasil na zona norte e seguiu de carro para a empresa, levando o envelope com R$ 5 mil. Os bandidos a seguiram em uma moto verde, usando capacetes pretos.

Ela trafegou por cinco quadras pela Brasil e entrou no pátio da Usimaq, onde o assalto ocorreu. Ao descer do veículo, Tatiane foi rendida por um marginal com um revólver.

Em uma ação que durou poucos segundos, o bandido pegou o envelope e subiu na moto pilotava pelo comparsa, que sequer desligou a Honda Titan, cor verde. A dupla fugiu pela Brasil em direção ao Bairro Marina.

A Brigada Militar foi acionada e fez buscas, mas não conseguiu localizar os marginais, que usavam capacetes pretos, com viseiras escuras. A Polícia Civil investiga o assalto, mas ainda não possui suspeitos.
 

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (2)

  • Lecino  Ferreira
    Lecino Ferreira (Chácara) em 21/04/17 09:47
    HUÁHUÁHUÁ...HUÁHUÁHUÁ...

    ...Huáhuáhuá...vejam só "o filho querendo ensinar ao pai a fazer filho"...huáhuáhuá....
    - Peraê...peraê...PERAÍ, seu Lê; esquecestes quem é esse vivente?
    - Ihhhhhhh! É mezzzz...esqueci que é o agente terceirizado"SSS" da Real Puliça Parelela; a famosa desconhecida RPP.
    Huáhuáhuá...huáhuáhuá...

    Aí, oceis que roubaram a guria; oceis tão ferrados com essa pista do agente SSS. Acho melhor oceis tirar só o valor dos seus acertos, assinar um recibo e devolve-lo com o resto do dinheiro. Quando esse pessoal da RPP se mete no assunto é melhor se entregarem. Esse pessoal costuma pegar um pai senta na cabeça até sair muito sangue. Vai por mim "gentem buenas.

  • Silvestre Silva Santos
    Silvestre Silva Santos (Porto Alegre) em 20/04/17 17:13
    Sem suspeitos?

    Comecem a investigar entre os próprios colaboradores e principalmente entre ex-colaboradores que deixaram a empresa em situação de litígio e eram conhecedores da rotina em dias de pagamento. Ninguém descobre assim, ao acaso, que em tal dia seria transportado dinheiro, por tal pessoa, para pagamento dos funcionários.
    No mínimo há informação privilegiada que partiu destes meios que citei.

JP no Facebook