Grupo Vieira da Cunha
Parcialmente nublado

Tempo hoje

Min 17 / Max 28 +mais
Edição Impressa
Notícias > Cidade > Saúde pública 17/02/2017 - 16h11 por Vinícius Severo

HCB fará estudo técnico antes de dizer sim à UPA

Hospital prometeu responder ao prefeito em prazo de 10 dias

Reunião: negociação para assumir a UPA Reunião: negociação para assumir a UPA

O Hospital de Caridade e Beneficência pediu prazo de 10 dias para a Prefeitura para responder se aceitará assumir a Unidade de Pronto Atendimento na zona norte.

O prazo é necessário para que seja feito um estudo técnico com levantamento financeiro dos custos e de pessoal para assumir a estrutura, explica o diretor do hospital, Luciano Morschel.

O prefeito Sergio Ghignatti antecipa que deseja pagar um preço justo ao hospital para assumir o UPA. “Minha meta é abrir o UPA e dar um melhor atendimento em saúde aos cachoeirenses”, declara o prefeito. A Prefeitura abriu a possibilidade de revisões a cada dois meses do contrato, para que possam ser feitos eventuais ajustes.
“Nas cidades onde a UPA funciona que averiguamos, o trabalho é feito em parceria com os hospitais”, antecipou o prefeito, citando os municípios de Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul. Ghignatti antecipou ainda que na próxima quarta-feira, às 10h, uma equipe de diretores médicos e clínicos do HCB fará uma vistoria técnica para conhecer as instalações da UPA. O prefeito entende a vistoria como um indicativo de interesse também do HCB em assumir a UPA. “Espero que isso se concretize”, finalizou o prefeito.
 

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook