Grupo Vieira da Cunha
Parcialmente nublado

Tempo hoje

Min 17 / Max 31 +mais
Edição Impressa

Fórum do Leitor

Veja o que os leitores do Jornal do Povo estão comentando neste momento.

Paulo Sérgio Pereira
Paulo Sérgio Pereira (Porto Alegre) em 16.01.2017 10h46
Conteúdo: "Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017 - CAZO"
Samba, suor e lágrimas, não necessariamente nesta ordem

Peço licença ao mestre Marlon Batista Moraes para reprisá-lo, visto que citou 2 exemplos que merecem
reflexão, no tema verbas públicas x carnaval e outros eventos.
Vejam que é possível mudar o modelo local, basta iniciativa e criatividade.
Deixem os escassos recursos públicos para coisas realmente importantes.
Quem quiser festa, que arque com as suas despesas. Simples assim.
Um abraço, e bom carnaval a todos.
Paulo Sérgio Pereira
===============
Eis aqui, os 2 comentários de Marlon, aos quais me refiro:
Marlon Batista Moraes (Passo Fundo) em 17.06.2015 13h57
Conteúdo: "Compositores reagem ao cancelamento da Vigília"
Orçamentos
Apenas para tentar contribuir, sem entrar no mérito da discussão.
Já havia anteriormente feito um registro semelhante, mas não custa voltar ao tema.
Salvo para as áreas da SAÚDE e EDUCAÇÃO, o orçamento do município não tem percentuais mínimos estabelecidos. Assim, se um gestor optar por não aplicar um centavo sequer em ESPORTE ou CULTURA, apesar do custo político dessa atitude não estará cometendo nenhuma irregularidade.
Normalmente as rubricas em todas as áreas são superestimadas e há contingenciamentos, ou seja, despesas previstas mas não executadas.
Sendo assim, se o prefeito optar, e nesse caso deverá arcar com a repercussão desse ato, poderá deixar sem verba pública todos as atividades culturais da cidade.
O prefeito aqui de Passo Fundo já há dois anos optou por aplicar valores que destinaria ao carnaval - mas que não tinha nenhuma obrigatoriedade de fazê-lo - a ações na área da educação - climatização de salas de aula - e saúde - criação de um centro de referência em saúde da mulher.
Não cometeu nenhuma irregularidade com isso, apenas diminuiu o contingenciamento nas áreas beneficiadas.
===========================================
Marlon Batista Moraes (Passo Fundo) em 12.01.2015 09h35
Conteúdo: "Carnaval de rua terá orçamento 23,15% maior que em 2014"
Exemplo de Passo Fundo
Ano passado o Prefeito de Passo Fundo decidiu que não iria repassar nenhum centavo sequer para a realização do carnaval da cidade. Em compensação, instigou a Liga das Escolas de Samba da cidade a, com o apoio de secretarias municipais e, principalmente, do CDL, projetarem um novo carnaval.
O resultado: Passo Fundo - segundo todos os entendidos - teve o melhor carnaval de todos os tempos. O dinheiro para custear a festa foi obtido com a comercialização de camarotes e ingressos. As escolas de samba arrecadaram mais e o município deixou de gastar um bom dinheiro, que foi aplicado na climatização de mais de 50% das salas de aula das escolas municipais.
A fórmula deu tão certo que este ano será repetida e ampliada. A estrutura será melhor, o dinheiro repassado às escolas maior e ainda será destinada parte da arrecadação - o que se estima em cerca de R$ 20.000,00 - para a Apae da cidade.
Ah, e o dinheiro economizado será investido num centro de referência em saúde da mulher.
Fica a dica, talvez seja necessário uma mudança de paradigmas para que as coisas melhorem.

Expandir +comentar
Jose Gladimir Lopes
Jose Gladimir Lopes (Cachoeira do Sul) em 16.01.2017 10h19
Conteúdo: "Nada segura bandido que ataca no Soares"
nada segura bandido que ataca na soares

primeiro, nao adianta a correria da policia para prender esse tipo de bagaceiros, ele é solto imediatamente , entra na porta do presidio pela manha toma café almoça e sai a tardinha sem problema algum, pois sempre vai ter o famoso alvara de soltura prontinho nas maos dos advotados, segundo isso serve ao pessoal que nao gosta de Caes, um simples cao viralata solto no patio resolve a questao, ninguem entra em seu patio sem que um cao, pode até ser pintcher , dar o alarme , é melhor que camera de segurança, pois o cao inibe açao , as cameras servem apenas para eles fazerem pose para elas

Expandir +comentar
Vinicius Scherer
Vinicius Scherer (Cachoeira do Sul) em 16.01.2017 09h01
Conteúdo: "Nada segura bandido que ataca no Soares"
cães

deixa 3 rottweilers no pátio que esse crackeiro nao entra

+comentar
Elvira De Lourdes Freitas Pereira
Elvira De Lourdes Freitas Pereira (Cachoeira do Sul) em 16.01.2017 09h01
Conteúdo: "Número de óbitos caiu 2,68% em Cachoeira em 2016"
Isto quer dizer o que?

Não morreram por que não era a hora. Por que se depender do SUS, o povo morre na fila de espera para fazer exame e cirurgias.....Sem falar na farmácia do não tem.....,

Expandir +comentar
Elvira De Lourdes Freitas Pereira
Elvira De Lourdes Freitas Pereira (Cachoeira do Sul) em 16.01.2017 09h01
Conteúdo: "Praia Nova pronta para receber veranistas"
Destino de verbas Públicas.

Ser por eventualidade a prefeitura pegasse o dinheiro do carnaval, aplicasse na saúde. Povo feliz.
Amanha vem um infeliz, acusa a prefeitura de desvio de verba, por ter aplicado a verba do carnaval na saúde.
Prefeitura infeliz por ser acusada de desvio de verba, e Povo feliz por que ia poder descer a lenha na prefeitura.

Vamos desenhar:
O que é de Pedro é de Pedro.
O que é de Paulo é de Paulo, e não Pode ser dado a João como os ignorantes querem.

Expandir +comentar
Elvira De Lourdes Freitas Pereira
Elvira De Lourdes Freitas Pereira (Cachoeira do Sul) em 16.01.2017 09h01
Conteúdo: "Suspeito de tráfico preso outra vez pela Polícia Civil"
Outra vez?

Não deveria ter sido preso uma unica vez.
, pelo menos em 10 anos....

+comentar
Maurício Lara
Maurício Lara (Porto Alegre) em 16.01.2017 09h01
Conteúdo: "Ghignatti defende investimento no Carnaval"
Mas se privatizar, como vão roubar?

Empresa privada não contrata abiguinho dollynho... Nem cumpanhêro inconPeTente, já que visa lucro. Nos EUA, que nem são o melhor exemplo de capitalismo, ainda mais após a gestão Obama, gás, combustível, água, telefonia, bancos, energia elétrica equase tudo, é privatizado. muito mais eficiente e barato do que aqui. Sindicatos lá, são 139, que representam as classes, Aqui, 15.009, que representam os sindicalistas, salvo exceções raras. Todos contra o Estado e contra os patrões. Mordem a mão que os alimenta...Se não mudarmos estas realidades...A destruição companheira não findará nunca, a saber:
"Desde 1º de julho de 1994 até 31 de julho de 2016 (exatos 22 anos), o real já perdeu 82% do seu poder de compra. Isso que uma nota de R$ 100 hoje tem o mesmo poder de compra que R$ 18 em julho de 1994.
É uma destruição significativa.
Mas, em meio aos escombros, há um detalhe interessante: aqueles setores *menos* regulados e protegidos pelo governo foram exatamente os que apresentaram a *menor* inflação de preços acumulada.
Já os setores intensamente regulados e cujos preços são acordados com o governo -- como planos de saúde, remédios, energia elétrica, telefonia, TV a cabo, gasolina e diesel, passagens de ônibus, pedágios, gás de bujão, taxa de água e esgoto, tarifas bancárias etc. -- apresentaram encarecimento explosivo. E com uma qualidade, no mínimo, insatisfatória.
Como mostra este artigo, a diferença entre a inflação de preços acumulada em 22 anos nos setores livres e nos regulados é estupefaciente. A ideia de que o governo protege os consumidores não só é errada, como está completamente invertida: é o governo quem ferra os consumidores.
Quanto mais o governo controla, maiores são os preços, e mais insatisfatórios são os serviços. E ainda há quem peça mais governo regulando o mercado." Mais Mises, menos Marx, Gramsci, Lênin e esta curriola e seus defensores. De Adam Smith a Bush, a dívida dos EUA somada não chega a UM Obama e dois mandatos. Mais de cem anos contra oito. A roubalheira no Brasil, do descobrimento até FHC, não chega aos pés da era PT...quando assumiu o desgoverno de dilma, Temer teria que fazer mágica para diminuir o déficit de R$ 96 bilhões, num país que não tolera mais manobras fiscais nem aumentos de impostos. Em 2016, os contribuintes pararam mais de R$ 2.000.000.000.000,00 (2 trilhões) em imPosTos. Mas segundo uns arigós aí, o culpado é o patrão explorador e mão de vaca, sonegador... O Grande Pai, não é culpado de nada e vamos tentar a utopia possível outra vez...

Expandir +comentar
Hélio Deporte Neto
Hélio Deporte Neto (Canoas) em 16.01.2017 08h59
Conteúdo: "Obituário"
Triste

Somente hoje fiquei sabendo da morte da professora Elzi. Foi minha professora na segunda série do colégio Juvêncio Soares em 1990. Parabéns a vida dedicada a educação e grato por ter me ensinado. Solidariedade a família.

Expandir +comentar
Luciano Iserhardt Scherer
Luciano Iserhardt Scherer (Cachoeira do Sul) em 16.01.2017 09h16
Conteúdo: "Ghignatti defende investimento no Carnaval"
. . .

Fica mais fácil ir por ítens:

1 - RENATE:
Não adiantaria seque desenhar... para quem não tem capacidade de entender nada e quando quem sabe, talvez, por imenso milagre entende se faz de 'lokinho' nada adianta. Nem insiste.

2 - APOSENTADO:
A falta de educação sempre foi traço marcante em ambos, mas dessa vez se superaram, os adjetivos zoológicos se aplicam como luva... a vocês dois!

3 - IGNORANTE (ver dicionário!):
A pessoa não saber, não entender e não conhecer não tem nada demais... ninguém é obrigado a entender de tudo, agora... quem sabe um pouquinho menos de tempo de 'ponto' no fórum do leitor e um pouquinho de LEITURA E ESTUDO?
Cairia bem... porque até listar LEIS que devem ser ESTUDADAS por quem quiser abrir a boca eu já listei...
De resto, ver o 'arauto da moralidade' que é contra 'politiqueiros e irregularidades' porque é 'contra a corrupçao' cair MAIS UMA VEZ me papo furado de político populista e em matérias de jornal que são OBVIAMENTE pagas (com valores maiores do que os aplicados à cultura) é EMBLEMÁTICO.
Sem falar quando resolve ser ignorante em todos os sentidos.

Expandir +comentar
Paulo Rogerio Trindade de Freitas
Paulo Rogerio Trindade de Freitas (Cachoeira do Sul) em 15.01.2017 22h30
Conteúdo: "Nada segura bandido que ataca no Soares"
Nada segura ladrao

ATENÇÂO
Nova dica de segurança:
Se voce reagir a um assalto e matar o bandido, a hora que a policia chegar, diga que voce estava assaltando o cara e ele reagiu e por isso voce o matou!
Assim o estado ira te defender e os direitos humanos irão obrigar a família do morto a te indenizar por trauma psicológico.
Fica a dica..

Expandir +comentar
Maurício Lara
Maurício Lara (Porto Alegre) em 15.01.2017 22h30
Conteúdo: "Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2017 - CAZO"
Direitos Humanos e outros...

Enquanto a sociedade vira refém de vagabundos e todo o tipo de petralha e criminosos, há quem se acadele para quem não tem a menor piedade dele e de sua família...
Morte deles não resolve a criminalidade? Claro que não! Mas bandido morto não volta para estuprar, intimidar, amedrontar, roubar, assaltar, traficar... Teco nos boneco!
Os presos, enquanto não tiverem novos presídios, joguem Tetris com eles: Empilha! E nós pagando a conta! Quantos presídios o querido PT construiu em 13 anos de azar do povo? Sei que o tarsocialista demoliu pavilhão aqui, sem construir substituto....
No mais, como o Sr Delmar bem postou, no exemplo de BH, quem está com peninha, que se cadastre e leve para casa! Alguns defensores eu gostaria que levassem uns 10 estupradores para casa, afinal, num ambiente tão saudável, piedoso e familiar, com certeza, teriam a reabilitação, pois tudo que precisam é de uma nova oportunidade, são seres humanos, vítimas da sociedade falida, todos somos responsáveis, afinal, enquanto pagamos imPosTos que passam de meio ano do que recebemos, quando cuidamos e educamos nossos filhos e somos responsáveis e responsabilizados por nossos atos, existe uma casta imune..Quem muito poupa o lobo, sacrifica o rebanho, quem refresca fiofó de pato é lagoa... Quem não comete crimes, não vai para nossos miseráveis presídios. Simples, não?

Expandir +comentar
Delmar  Pereira
Delmar Pereira (Cachoeirinha) em 15.01.2017 19h10
Conteúdo: "Ghignatti defende investimento no Carnaval"
Cidades do interior do RS anunciam cortes de verbas para carnaval,

Se existe uma lei, como apregoa o defensor ferrenho da esmola da Prefeitura (como diz de ''boca cheia'' aqui no fórum) para o carnaval de Cachoeira do Sul, porque outras cidades estão cortando as verbas em virtude da crise que assola o nosso País? Alguém pode explicar?
http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/carnaval/2017/noticia/2017/01/cidades-do-interior-do-rs-anunciam-cortes-de-verbas-para-carnaval.html

Expandir +comentar
Almiro Soares de Souza
Almiro Soares de Souza (Cachoeira do Sul) em 15.01.2017 19h10
Conteúdo: "Nada segura bandido que ataca no Soares"
NADA SEGURA BANDIDO QUE ATACA NO SORAES.

É muito simples desvendar esse crime,é só verificar quem faz o monitoramento de presos com tornozeleiras ,na comarca de Cachoeira,pois visivelmente esse delinquente está com uma atadura na perna,para esconder a referida tornozeleira.
Enquanto isso nossos governantes e membros do poder judiciário,tomam medidas paliativas como esvaziamento do sistema semi-aberto,colocando toda à sociedade à mercê desses marginais.Á Brigada Militar faz á sua parte porém o judiciário que vive em outro mundo,simplesmente se omite,pois são intocáveis,jamais um bandido como esse irá furtar ou roubar á residência de um juiz,pois sabemos que eles nunca serão vítimas como nós.

Expandir +comentar
Delmar  Pereira
Delmar Pereira (Cachoeirinha) em 14.01.2017 21h20
Conteúdo: "Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2017 - CAZO"
Pá Presidente do condomínio da Papuda 2018.

Candidatura de Lula é uma aposta no cinismo.
Desprezadas a lógica e as evidências, sobram o cinismo e a licença dada por Lula a si mesmo para tratar os Brasileiros como idiotas.....
- Vergonha para nós Brasileiros sermos tratados como idiotas por esta 'gangue' de desonesto que sempre quiseram a perpetuação no poder!
Não podemos deixar assim tão fácil qualquer um 'indiciado' por crimes e desvios do erário publico. achar que pode nos governar. Se bem que ainda vai ter alguns cordeirinhos sem vergonha nenhuma, vão defender a candidatura deste pseudo ídolo.
http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2017/01/14/candidatura-de-lula-e-uma-aposta-no-cinismo/

Expandir +comentar
Delmar  Pereira
Delmar Pereira (Cachoeirinha) em 14.01.2017 19h29
Conteúdo: "Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2017 - CAZO"
DIREITOS HUMANOS NOS PRESIDIOS,

Relato para reflexão de um Juiz sensato da situação atual que se encontra a ''insegurança no Brasil''.
Nem tudo está perdido meus amigos, enquanto existirem pessoas iguais a este Juiz!
ESTE JUIZ É DOS BONS
Folha de São Paulo, Painel do Leitor
*"Direitos humanos"*
"Quando eu era Juiz da Infância e Juventude em Montes Claros, norte de Minas Gerais, em 1993, não havia instituição adequada para acolher menores infratores. Havia uma quadrilha de três adolescentes praticando reiterados assaltos. A polícia prendia, eu tinha de soltá-los. Depois da enésima reincidência, valendo-me de um precedente do Superior Tribunal de Justiça, determinei o recolhimento dos *"pequenos" assaltantes* à cadeia pública, em cela separada dos presos maiores. Recebi a visita de uma comitiva de defensores dos direitos humanos (por coincidência, três militantes). Exigiam que eu liberasse os menores. Neguei. Ameaçaram denunciar-me à imprensa nacional, à Corregedoria de Justiça e até à ONU. Retruquei para não irem tão longe, mas tinha solução. Chamei o escrivão e *ordenei a lavratura de três termos de guarda: cada qual levaria um dos menores preso para casa, com toda a responsabilidade delegada pelo juiz*. Pernas para que te quero! Mal se despediram e saíram correndo do fórum. Não me denunciaram a entidade alguma, não ficaram com os menores, não me "honraram" mais com suas visitas e... os menores ficaram presos. É assim que funciona a *"esquerda caviar"*. Tenho uma sugestão ao Professor Paulo Sérgio Pinheiro, ao jornalista Jânio de Freitas, à nova Secretária Flávia Piovesan e a outros tantos defensores dos "direitos humanos" no Brasil. Criemos o programa social *"Adote um Preso"*. Cada cidadão aderente levaria para casa um preso carente de direitos humanos. Os benfeitores ficariam de bem com suas consciências e ajudariam, filantropicamente, a sociedade a solucionar o problema carcerário do país. Sem desconto no Imposto de Renda," é claro.
ROGÉRIO MEDEIROS GARCIA DE LIMA - Desembargador - Belo Horizonte - MG)".

Expandir +comentar
Paulo Rogerio Trindade de Freitas
Paulo Rogerio Trindade de Freitas (Cachoeira do Sul) em 14.01.2017 18h05
Conteúdo: "A rota do Solimões"
Direitos humanos

Direitos humanos deveriam ser para humanos direitos , não para bandidos.
Uma boa iniciativa era proibir os votos de bandidos presos,Marias do Rosário e outros nunca mais se elegeriam.Cortar verbas publicas desta gente também ajudaria, e terminar com o auxílio reclusão.

Expandir +comentar
gabriele glashorester de freitas
gabriele glashorester de freitas (Cachoeira do Sul) em 14.01.2017 18h05
Conteúdo: "Temos novidades: chegou o Blog das Mamães e dos Bebês"
Blog mamães e bebês

Adorando!!! Parabéns Rosana!!! O blog está show!!! Beijos

+comentar
Delmar  Pereira
Delmar Pereira (Cachoeirinha) em 14.01.2017 14h35
Conteúdo: "Ghignatti defende investimento no Carnaval"
Nem oito nem oitenta, sobre o radicalismo de direita e/ou esquerda,

Americano cria lista de motivos pelos quais odiou ter morado no Brasil!
Se o PolíTicos não 'garfeassem' os trabalhadores assalariados do Brasil, seriamos um povo extremamente rico e muito feliz. - Onde está a mentira e o radicalismo nesta frase?
Fica a pergunta para quem quiser responder!
Também atentem ao lik colado abaixo e vejam que a coisa já está mudando para melhor é claro em se tratando da corrupção endêmica no nosso País!
A todos uma boa tarde.
http://tudoparahomens.com.br/americano-cria-lista-de-motivos-pelos-quais-odiou-ter-morado-no-brasil/

Expandir +comentar
Almiro Soares de Souza
Almiro Soares de Souza (Cachoeira do Sul) em 14.01.2017 14h35
Conteúdo: "A rota do Solimões"
Combate às drogas.

É uma bela iniciativa do governo dos EUA,porém no Brasil não temos grandes plantações de coca,e outra os aviões aqui neste país muitos são usados justamente para fazer o contrário,servem de transportes para traficantes,pois á fiscalização é muito mais frágil.

Expandir +comentar
Giovani Unterberger Mendes
Giovani Unterberger Mendes (Porto Alegre) em 14.01.2017 11h24
Conteúdo: "Ghignatti defende investimento no Carnaval"
Reflexão

Texto interessante, para reflexão.
Não precisamos pensar todos da mesma maneira, mas devemos nos respeitar.
Não existem certos ou errados.

https://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/brasil/2017/01/14/disputa-coxinha-x-petralha-nas-redes-e-doentia-e-mata-dialogo-diz-filosofo.htm

"Disputa coxinha x petralha nas redes é doentia e mata diálogo, diz filósofo

No lugar de uma esfera homogênea e lisa, um poliedro multifacetado. Foi essa a metáfora usada pelo papa Francisco, há três anos, para definir a humanidade no discurso em que falava sobre a importância de as pessoas respeitarem a pluralidade de opiniões. Na ocasião, o pontífice argentino se posicionava contra o nivelamento das ideias e de ações que acaba por excluir determinados grupos sob o pretexto de eliminação da diferença.

Para o cientista político Fernando Schuler, doutor em filosofia e professor no instituto Insper, em São Paulo, o poliedro também expressa a diversidade dos pontos de vista na internet, sobretudo nas redes sociais, que torna, de algum modo, qualquer um apto a opinar sobre o que bem entender --e sem os filtros de quem, antes disso, se presumia especialista em um assunto.

Segundo ele, é importante não confundir pluralidade com respeito à diversidade. Nessas mesmas redes está cada vez mais pulverizado um moralismo de costumes que elenca quais palavras, expressões ou piadas convêm ou não serem reproduzidas em um universo politicamente correto. Segundo ele, é preciso aprender uma nova diplomacia para o mundo digital.

Ele discorda da opinião de que o conservadorismo avança no mundo e cita a eleição de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos para explicar sua posição.

"O próprio Trump nunca foi um conservador. Hoje o que se chama de conservador é bastante associado a um moralismo de costumes muito popular nas redes sociais. Há alguns anos, as visões sobre fatos históricos eram filtradas pelos intelectuais, pela academia. Hoje, as visões brotam, fluem diretamente nas redes", diz. "Não é correto confundir tradição política conservadora com o moralismo de costumes, traço popular que talvez tenha se pulverizado nas redes sociais e que trata de um moralismo do politicamente correto, com uma espécie de novilíngua que traz quais palavras se pode ou não dizer, ou que tipo de piada, por exemplo."

Sobre o racha político, agravado pelo impeachment de Dilma Rousseff (PT), diz que o mundo mudou: "É importante aceitar a ideia de que a sociedade é marcada pelo pluralismo, e o novo mundo quebrou essa cisão de esquerda e direita. Vale o poliedro mencionado pelo papa, e não mais aquela imagem da régua de esquerda e direita, que vai sendo substituída", afirma. "O embate 'coxinhas x petralhas', por exemplo: há algo mais doentio que isso, que só cria mais desaprendizado e falta de diálogo? Se queremos uma sociedade menos radicalizada, temos que começar pelo uso da linguagem --e na internet não é diferente", argumenta.

Vamos ter que aprender uma nova diplomacia no mundo digital, talvez com uma linguagem mais amena, no lugar de tanta ênfase

Fernando Schuler, cientista político

Para o estudioso, por outro lado, a própria multiplicação de blogs e de redes sociais, característica marcante do universo digital, é "uma das grandes fontes da instabilidade contemporânea".

"Temos sempre a sensação de instabilidade. Isso tem um lado imensamente positivo, que é a capacidade de as pessoas expressarem suas visões. Mas há a permanente sensação de conflito, de tensão, de tribalização, em que se tende a excluir quem pensa diferente", analisa.

"Isso requer das pessoas um novo aprendizado: vamos ter que aprender uma nova diplomacia no mundo digital, talvez com uma linguagem mais amena, no lugar de tanta ênfase. Estamos virando uma sociedade com uma legião de pessoas especialistas nas próprias opiniões."

Estado permanente de crise
Para Schuler, a percepção do aumento do conservadorismo no mundo abrange um simplismo que só dificulta a compreensão sobre as relações humanas. "Você pode ser uma pessoa muito liberal sob o ponto de vista dos costumes, mas conservador --muito avesso a liberdades--, por exemplo, sob o ponto de vista econômico, ou vice-versa", menciona.

"Mesmo os indicadores sociais vêm apresentando melhoras expressivas no mundo inteiro, com uma redução dos índices de violência e de pobreza, um aumento de escolaridade e do número de democracias... Vivemos em uma época histórica de notícias muito positivas, mas também estamos constantemente sob o 'efeito breaking news', em que nossa percepção de mundo não acompanha esse momento --é uma percepção multifacetada graças ao efeito da informação. No mercado de informação, a má notícia tem mais peso que a boa --isso é um paradoxo do mundo contemporâneo", justifica Schuler.

Ele diz que há uma "percepção permanente de crise, de instabilidade". "Não é à toa que post-truth [pós-verdade] foi escolhida [pelo dicionário britânico 'Oxford'] como a palavra do ano. Como já dizia [o sociólogo e filósofo francês] Jean Baudrillard, o mundo virtual tomou de assalto o mundo real."

Paralelamente, o cientista político afirma que há riscos em se deixar tomar de assalto pelo que está nas redes, simplesmente, na forma de "opinião não fundamentada". "Porque a informação é rápida, e o custo para checar uma opinião --que vai se tornar obsoleta em poucas horas-- é muito alto. Por isso a regra geral deve ser sempre a de ter muito cuidado, qualquer que seja o aspecto ideológico. Na campanha presidencial americana, por exemplo, não há nenhum dado estatístico sobre de onde veio mais mentiras, porque, ainda que a maior parte da mídia tradicional tenha se posicionado a favor de Hillary Clinton, nas redes sociais aconteceu de tudo."

O estudioso recomenda "uma abordagem cuidadosa e pluralista" em relação à informação nas redes e cita o que ele chama de "caso clássico": a entrevista recente da futura primeira-dama da cidade São Paulo, Bia Doria, à "Folha de S.Paulo". "Ela recebeu uma espécie de 'apedrejamento' virtual ao expressar um padrão cultural distinto, que, embora a mim não agrade, é um direito dela. A gente tem que cuidar para não padronizar as opiniões", sugere, destacando que isso representa "cair na falácia dos extremos".

"A sociedade pode buscar consensos, mas é preciso aceitar as divergências, inclusive sobre os ritmos de aprendizagens. A sociedade detentora de direitos é marca do nosso tempo, mas, simultaneamente, precisamos desenvolver um espírito de tolerância cultural --e isso tem que ser aplicado a muitas faces do poliedro", avalia.

Expandir +comentar

Veja os conteúdos mais comentados hoje do Jornal do Povo.

Golpe do bilhete rende R$ 6 mil para bandidos em Cachoeira do Sul
12 comentários +comentar
Prefeitura retira rotatória da Avenida Brasil
6 comentários +comentar
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017 - CAZO
3 comentários +comentar
Vereadores abriram mão do reajuste salarial de 6,99%
2 comentários +comentar
Polícia Civil leva três para a cadeia por tráfico em Cachoeira do Sul
2 comentários +comentar
Reforma do Estádio Joaquim Vidal desafia o secretário Ronaldo Trojahn
1 comentários +comentar
Brigada Militar prende suspeito de onda de furtos no Bairro Soares
1 comentários +comentar
Inscrição para professores emergenciais inicia na próxima segunda-feira
1 comentários +comentar
Gabinete da Crise chega aos 15 anos
1 comentários +comentar
Temos novidades: chegou o Blog das Mamães e dos Bebês
1 comentários +comentar

Veja os conteúdos mais comentados durante a semana do Jornal do Povo.

Ghignatti defende investimento no Carnaval
28 comentários +comentar
Golpe do bilhete rende R$ 6 mil para bandidos em Cachoeira do Sul
23 comentários +comentar
Quarta-feira, 11 de Janeiro de 2017 - CAZO
13 comentários +comentar
Vereadores abriram mão do reajuste salarial de 6,99%
7 comentários +comentar
Prefeitura retira rotatória da Avenida Brasil
6 comentários +comentar
Nada segura bandido que ataca no Soares
5 comentários +comentar
Praia Nova pronta para receber veranistas
5 comentários +comentar
SRB quer fazer o maior Carnaval de sua história
4 comentários +comentar
Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2017 - CAZO
4 comentários +comentar
Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017 - CAZO
3 comentários +comentar
Temos novidades: chegou o Blog das Mamães e dos Bebês
3 comentários +comentar
Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017 - CAZO
3 comentários +comentar
A rota do Solimões
3 comentários +comentar
Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2017 - CAZO
3 comentários +comentar
Aposentado se queixa de água empoçada no Soares
3 comentários +comentar
Polícia Civil leva três para a cadeia por tráfico em Cachoeira do Sul
2 comentários +comentar
Prefeito Ghignatti debate subvenção social com Ascafv e Acafutsal nesta sexta-feira
2 comentários +comentar
Mauro Machado será pela quarta vez o Rei Momo de Cachoeira
2 comentários +comentar
Águas cachoeirenses são roteiro de filme
2 comentários +comentar

Veja os conteúdos mais comentados do Jornal do Povo.

Dilma e Aécio aparecem empatados em segundo turno
787 comentários +comentar
Fundador do PT de Cachoeira diz que Mensalão nunca existiu
698 comentários +comentar
Manifestação anti-Dilma volta no dia 12
510 comentários +comentar
Dilma e Marina estão empatadas com 34% na pesquisa Datafolha
296 comentários +comentar
Movimento do Bolo mostrou as dificuldades financeiras das prefeituras
274 comentários +comentar
Cachoeira na caminhada contra o PT
206 comentários +comentar
Dilma é reeleita na disputa mais apertada da história
190 comentários +comentar
Dilma e Aécio estão iguais
187 comentários +comentar
Tarandine morre em acidente de trânsito em Caxias do Sul
167 comentários +comentar
Mobilização contra Dilma reúne 150 pessoas em Cachoeira do Sul
160 comentários +comentar
FUMO E MEIO AMBIENTE
158 comentários +comentar
Vexame das arábias
154 comentários +comentar
Empresário mata cão de vizinha com enxadada na Vila Verde
146 comentários +comentar
Protesto anti-Dilma no domingo será a pé
139 comentários +comentar
Pesquisa do Datafolha aponta Dilma com 34%, Aécio 19% e Campos 7%
131 comentários +comentar
Comandante da Brigada estimou o público do protesto
126 comentários +comentar
Partido dos Trabalhadores completa 36 anos nesta quarta-feira
123 comentários +comentar
Cidade perde representação
123 comentários +comentar
Novo Fora, Dilma começa a ser organizado para o dia 16
122 comentários +comentar
Será que não existe nada de totalmente errado no mundo?
120 comentários +comentar

Sua busca por "Anilda Ferreira", retornou 239 resultados.

Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 16.07.2013 09h00
Conteúdo: "Servidor indiciado por furtar no 24h do SUS"
Será que...

Gostaria que a secretária Marta Caminha, verificasse na minha ficha de atendimento, em 2012, se foi esse "técnico" que aplicou aquela injeção que me apagou, mesmo eu dizendo que não podia tomar tal substância. Após me colocarem pra dormir, havia uma atendente com ele, que abriu minha bolsa pra "pegar" o celular e ligar pra um familiar, segundo explicação que recebi ao acordar e ver minha bolsa aberta e dar falta dos R$ 30,00. Na ocasião, a secretária se encontrava no local, tomou conhecimento do fato, mas...

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 16.07.2013 09h00
Conteúdo: "Servidores da Câmara se defendem atacando o JP"
Legal...

Pode até ser legal, já que o Legislativo (assim como outros poderes) possui a "arte" de estipular e aumentar os próprios salários... mas, é IMORAL! Tiraram o Collor... e o país continua produzindo Marajás. E muita gente ainda acha ruim os R$ 70,00 do Bolsa Família, que mata a fome de tantos irmãos brasileiros, que não tiveram a "capacidade" de passar num concurso para recepcionista, ou faxineira.

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 16.07.2013 08h32
Conteúdo: "Casa nova para irmãos deficientes do Piquiri"
Casa nova...

Uma notícia dessas pra iniciar o dia, é tudo que a gente precisa pra seguir em frente acreditando que nem tudo está perdido no mundo. Ainda temos salvação! Parabéns, não só ao Neiron, mas, a todos que colaboraram.

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 06.07.2013 17h10
Conteúdo: "Revogada a prisão de empresário acusado de pedofilia"
Rogério Oliveira

Também fiz um comentário desses, na outra matéria com o título "Liberdade para preso por pedofilia". Ta reclamando de um processo que vai completar só dois meses? O que diria do meu, que é uma questão de saúde? Sofri um acidente em maio de 2006, a audiência só foi realizada em 05/07/2011 e até hoje não tem sentença. Será que é porque o motorista é de uma famosa empresa de ônibus, muito conhecida também no judiciário pelos inúmeros acidentes com lesões graves e até óbitos? Quem sabe, a gente reúne numa passeata, já que ta na moda, todos, que como nós, esperam pela agilidade do nosso judiciário? Pensei que o problema fosse falta de pessoal e acúmulo de trabalho, mas quando se tem uma agilidade inexplicável, como nesse caso do pedófilo (?).

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 06.07.2013 17h06
Conteúdo: "Imama/Cachoeira fecha por falta de dinheiro"
Sugestão

Já tem mais de 20 anos que trabalho com causas sociais, então, vou deixar aqui minha colaboração em forma de sugestão. NÃO DESISTAM! Unam-se a Liga Feminina! Somem! Acho um absurdo essa coisa das Unidades Regionais ficarem repassando dinheiro para a Unidade Central. Qual o retorno? Peguem esses valores já prometidos e não deixem os pacientes sem atendimento! Vão retirar até as perucas que estão emprestadas? Não estou em Cachoeira, mas se precisarem de mais informações, estou à disposição. Meu e-mail: anfereventos@hotmail.com

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 06.07.2013 14h36
Conteúdo: "Liberdade para preso por pedofilia"
Enquanto isso...

Ontem, dia 05/07, completou dois anos da realização da minha audiência, ainda sem sentença, do processo de indenização por lesão grave, para qual necessito de cirurgias, em acidente ocorrido a mais de sete anos provocado por um motorista de ônibus. Lendo esta notícia, vejo que não ficou nem dois meses preso. Por que o judiciário é tão ágil quando se trata de um empresário, melhor dizendo, marido de uma empresária? Por que não se vê a mesma rapidez em processos como o meu, onde a saúde da vítima agrava-se com o decorrer do tempo, pelas sequelas adquiridas? E olha que processos como o meu não são poucos, no FORUM de Cachoeira. Somos vítimas duas vezes, dos motoristas descuidados e pela demora da justiça. Será que não existe uma inversão da condenação, nesses casos? Sim, pois quem deveria ser penalizado, continua levando sua vidinha normal, enquanto quem sofreu as lesões, tem sua vida social e laboral paralisada. Até quando?

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 05.07.2013 13h38
Conteúdo: "Burmann construirá o campus de Cachoeira"
Técnicos e profissionais

Desculpemos o(s) erro(s). Acontece que os redatores do JP são meros "técnicos das letras", não são jornalistas formados. A revisão do jornal também carece de profissionais do idioma. Mesmo assim, o departamento de redação possui computadores conectados à internet, qualquer criança consegue sanar dúvidas com um simples "pesquisar". Fica a dica aos redatores.

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 03.07.2013 09h38
Conteúdo: "Mobilização pelo anel viário vai a Brasília"
Detalhes

Neiron sairá na madrugada da terça e a reunião será na quarta. Que terça? Que quarta? Se a terça foi a de ontem, dia 2, a notícia ta atrasada. É por isso que os leitores do JP vivem reclamando de notícias incompletas, mas nada muda!

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 03.07.2013 09h10
Conteúdo: "Câmara autorizada a gastar 55% a mais em quatro anos"
Pra quê?

Tanto dinheiro, pra quê? Salários milionários... mostrar serviço que é bom... o povo foi pras ruas, gritou, depois aplaudiu a seleção, não sem antes berrar que era contra a Copa. Melhor se fazer de cego-surdo-mudo, sentar na praça e dar comida aos pombos

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 03.07.2013 08h59
Conteúdo: "Motorista de 70 anos quase provoca tragédia no centro"
E a revisão, editor do JP???

No item FICHA...
... o condutor estava com a habitação cassada... HABITAÇÃO???? rsrsrsrsrs... vai ver é por isso que o coitadinho "sem nome", sem lenço e sem documento, comete tantas infrações... ele "habita" na camionete.

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 01.07.2013 16h26
Conteúdo: "Médicos também querem ganhar as ruas"
Se eles não querem

Se os médicos brasileiros não aceitam trabalhar em locais distantes e comunidades pobres, que venham os cubanos, portugueses e quem mais se dispuser... o que não pode é a população ficar sem atendimento ou ser atendida de má vontade.

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 01.07.2013 12h53
Conteúdo: "Domamos a Fúria"
E as ruas, camaradas?

Hahahaha... Vamos pras ruas, camaradas? Vou arranjar um spray de pimenta malagueta e colocar na boca do primeiro(a) arruaceiro(a) que cruzar por mim na rua. Na abertura dos jogos: "Uhuhuhuhuhuh... Dilma... queremos o dinheiro dos estádios pra saúde e educação (embora nem saibamos o que é respeito, muito menos educação do berço)". No encerramento: "Diiiilllmaaa... por que não veio ao Maraca comemorar com a gente? Queremos te agradecer por trazer de volta a alegria de nós brasileiros com muito orgulho e muito amor"!

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 26.06.2013 10h18
Conteúdo: "TNSG quer renovação da concessão"
Balanço

É preciso incluir ali no item "BALANÇO", a quantidade de passageiros mortos e sequelados pela imprudência dos motoristas e pelo descaso da TNSG, em todos os anos de operação.

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 26.06.2013 10h18
Conteúdo: "Professor pega 20 anos por matar paulista"
Agilidade e prisão especial

Interessante é ver que quando quer, a justiça sabe ser ágil, diferente da outra notícia desta edição sobre o cancelamento do júri devido a prescrição pelos anos decorridos e processo mofando. Agora, com relação a essa tal de prisão especial, quem tem curso superior é pessoa que teve oportunidade, tem conhecimentos, portanto, a pena deveria ser aumentada e ser como nos EUA, colocar pra lavar privada! Chega de privilégios! Basta de desigualdades!

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 26.06.2013 09h22
Conteúdo: "Processo prescreve e cancela júri"
Qual a novidade?

Há mais de sete anos sofri um acidente que me deixou lesão grave, permanente e irreversível, agravada pelas sequelas dos anos decorridos sem cirurgia e tratamento especializado, o que deveria ter sido pago pela empresa de ônibus. O acidente está devidamente comprovado, bem como as lesões e sequelas. Tive a antecipação de tutela inicial negada, pois o inquérito ainda não havia comprovado a culpabilidade do motorista. Após comprovada, foi novamente pedido a tutela, negada pelo juiz substituto. Pior mesmo, foi o MP pedir a absolvição do motorista. Enquanto isso, o proc.de indenização com a cautelar apensada, teve audiência em 05/07/2011 (dois anos) e está concluso para sentença. Após a sentença, com certeza, virão os inúmeros recursos. Enfim, pelo andar da carruagem, se a justiça for devidamente feita, farei festa no Céu, pois aqui na Terra, creio que nem as cirurgias terei mais tempo. Agora deveríamos iniciar o "Vem Pra Rua" pela agilidade da justiça, por mais juizes, promotores, e servidores. Sim, pois se antes o problema era a falta de espaço, hoje isto ta sobrando, da até pra fazer bailão no prédio novo e confortável, tanto do FORUM quanto do MP. Depois, quando um advogado perde a cabeça, é criticado. Eu mesma, me mudei pra porto Alegre, antes que perdesse a cabeça, confesso que vontade de chutar o balde, não falta!

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 21.06.2013 20h31
Conteúdo: "Marta abre sindicância para apurar furto no Plantão"
Eu me queixei à própria secretária...

... Desculpe secretária Marta, quando o mesmo fato ocorreu comigo, há meses atrás, a secretária estava no Plantão... e ainda me emprestou R$ 10,00. Esqueceu? Deixei meu comentário na matéria anterior, onde conto em detalhes, como o fato se deu... e que nenhuma atitude foi tomada, sendo que, quem abriu minha bolsa, foi uma enfermeira... ia registrar pra que? Sem câmeras, seriam minhas palavras jogadas ao vento. Leiam a história no meu comentário lá na edição da matéria sobre o roubo ocorrido com essa senhora dos R$ 450,00.

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 21.06.2013 20h03
Conteúdo: "Paciente sofre furto no Plantão do SUS"
Também fui roubada... Quem sabe, com câmeras de segurança...

Há meses atrás, precisei me socorrer no Plantão em razão de fortes dores nas lesões sofridas em um acidente, mesmo avisando ao enfermeiro e a uma enfermeira, que não podia tomar injeção com dipirona, eles disseram que o médico receitou e pronto! Deitei numa daquelas camas com lençol nada limpo (eu o afastei), assim que cravaram a agulha, apaguei total! Pra encurtar a história, quando acordei minha bolsa estava aberta, a enfermeira disse que abriu para pegar meu celular e procurar o número de um familiar. Mas, quem disse a ela que eu tinha um celular na bolsa? Em resumo, os 30 reais que levava, sumiram, quase que teriam sido 130, pois cheguei a pegar mais 100 pensando que poderia necessitar pra algum remédio, depois pensei e decidi deixar em casa. A secretária Marta Caminha estava no Plantão, falei com ela e tudo que consegui foi que me emprestasse R$ 10,00 pra comprar uma água. Me senti muito mal, parecia que "eu é que havia roubado alguém", pelos olhares que senti sobre mim. Na verdade, nenhuma atitude foi tomada, sequer com relação a enfermeira abrir minha bolsa e pegar o celular. Pena que só agora li isto, como ando muito atarefada e sem tempo, uma amiga, que sabe da minha história, me enviou o link dessa matéria ontem, como meu comentário já está atrasado, talvez, ninguém leia, a menos que o JP publique na edição impressa. Ta mais que na hora de se colocar câmeras de vigilância em cada canto do Plantão!

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 08.06.2013 11h07
Conteúdo: "Um poder à beira de um ataque de nervos"
A demora do judiciário...

Coisa muito antiga que parece, será permanente. Não lembro bem a época, mas não foi o ex-senador José Paulo Bisol, que ao assumir o FORUM de Cachoeira, com uma quantidade de processos amontoados sem solução, promoveu uma "limpa"? Corrijam-me se estou equivocada. Agora, que a lentidão prejudica as vítimas, que como no meu caso, aguardo sentença de um processo de acidente de trânsito, que corre há sete anos, isto é fato. Na ocasião, sofri rompimento do menisco no joelho direito e torção na cervical, lesão que, caso tivesse sido tratada com rapidez, hoje não estariam me acarretando tantos problemas, com as graves sequelas, devido à lesão inicial não tratada. E não é apenas o acúmulo de processos sob a responsabilidade de um juiz, ou a carência de servidores, mas também a leis que dão direito às partes, de inúmeros vai e vens entre contestações e recursos. Só quero descobrir, quem poderá ser responsabilizado pelos prejuízos causados a minha vida laboral e emocional, em razão das lesões hoje consideradas graves, permanentes e irreversíveis, pelo perito do IML, comprovadas pelos exames de Ressonância Magnética e Tomografia. Só espero que meu desabafo neste fórum, não me acarrete mais prejuízos, pois a verdade, é que já estou um pouco descrente em ver meu caso resolvido em breve. Se demorar mais tempo, nenhum milhão de indenização servirá mais, pois quando se trata de saúde, em especial danos físicos, o tempo pode, se não curar, ao menos minimizar os danos, mas também poderá imobilizar uma pessoa para sempre? E aí, a quem recorrer?

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 24.05.2013 13h19
Conteúdo: "Schwab diz que está pronto para assumir a Fenarroz"
É preciso mudar...

Não mudar o nome do evento FENARROZ, mas sim, renovar. Trocar o presidente e toda equipe de trabalho. Sempre dei minha opinião que um evento ligado ao agronegócio devia ser comandado por alguém do setor. Já chega de gente querendo aparecer na mídia social e apresentação de projeto superfaturado sendo recusado pela LIC (Lei de Incentivo a Cultura), o que só contribui de forma negativa. Da outra vez, apoiei o nome do Hilário Jaeger, o qual recusou a indicação. Por que será que, embora digam que o trabalho é "voluntário e sem remuneração", tem quem não queira largar o osso? Por que um evento de tamanha importância ta sempre no vermelho? O Paulo Schwab é do setor, tem currículo, experiência, é sério, e não precisa do cargo pra nada, portanto, mais do que correta sua indicação para a presidência. O Paulo Figueiró só irá somar, pois também é do ramo, experiente e conceituadíssimo. Cachoeira só tem a ganhar. É preciso recuperar tantos anos de atraso, reverter os prejuízos financeiros, reabilitar a imagem da FENARROZ e o orgulho dos cachoeirenses.

Expandir +comentar
Anilda Ferreira
Anilda Ferreira (Porto Alegre) em 04.05.2013 17h11
Conteúdo: "Trojahn e Jussara Ghignatti filiam-se no PP"
Vento que leva...

... hahahaha... pra quem conhece a história política da cidade e seus atores, não vejo o porque da surpresa... melhor rir pra não ficar com nojo.

Expandir +comentar

Guiafone

Quer seu número no Guiafone JP?

É muito fácil inserir seus dados de contato no GuiaFone. Clique em uma das opções abaixo.

Cadastro Residencial Cadastro Comercial Mais informações
Entre em contato pelo email
guiafonejp@jornaldopovo.com.br
Ou ligue para
(51) 3722-9634

JP no Facebook