Grupo Vieira da Cunha
Parcialmente nublado

Tempo hoje

Min 9 / Max 21 +mais
Edição Impressa
17/05/2017 - 10h38

Mãe

O amor é a mola propulsora da vida, nenhum sentimento ganhou mais destaque entre poetas e artistas ao longo de nossa história. Cantado em prosa e verso o amor de mãe transcende as datas convencionais e seus fins comerciais.

O amor materno é o que mais se aproxima do divino. Ele é incondicional. Supremo. É a genitora que nos ensina a caminhar sem medo. Ternura, sensibilidade, doação são apenas alguns adjetivos próprios de quem têm como plenitude a virtude de dar a vida.

Um dia li a seguinte frase: “Mãe é a palavra Deus nos lábios de uma criança’’. Faço dela minha premissa.

E na figura dessa mulher especial que a inteligência emocional e racional sobrepõe qualquer outra.

Viver é prestigiar o que temos de especial. O blog da poesia desta semana presta homenagem a todas essas mulheres distintas.

Boa leitura e bom divertimento.


 

 

Mãe

Renovadora e reveladora do mundo
A humanidade se renova no teu ventre.
Cria teus filhos,
não os entregues à creche.
Creche é fria, impessoal.
Nunca será um lar
para teu filho.
Ele, pequenino, precisa de ti.
Não o desligues da tua força maternal.

Que pretendes mulher?
Independência, igualdade de condições...
Empregos fora do lar?
És superior àqueles
que procuras imitar.
Tens o dom divino
de ser mãe
Em ti está presente a humanidade.

Mulher, não te deixes castrar.
Serás um animal somente de prazer
e às vezes nem mais isso.
Frígida, bloqueada, teu orgulho te faz calar.
Tumultuada, fingindo ser o que não és.
Roendo o teu osso negro da amargura.

Cora Coralina


Para Sempre

Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
— mistério profundo —
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade, in 'Lição de Coisas'

 

Imagem: Diego Rivera

 

 

 POEMAS POESIAS VERSOS

Super mãe

Abro a cortina
E vejo que a pombinha
Ainda está quieta no ninho
Sobre os galhos flexíveis
Da goiabeira em flor.
Digo alegremente:
- Bom dia, minha querida! Bom dia!
Quando me ouve, ela, toda orgulhosa,
Mostra sua recém-chegada cria.
Pela manhã para o leste,
À tardinha para o sol poente,
Ela está sempre voltada para a luz,
Enquanto se mantém aninhada
Sobre os ovinhos.
À ventania ela responde:
- Daqui não arredo o pé,
Nem por um bom petisco.

Giselle Marciniak

 

Mãe Irmã

Quando perdemos a mãe
Tu tão jovem, inexperiente,
Quase uma criança,
Me tomastes em teus braços
Me adotando como uma filha...
Contigo aprendi a viver a vida...
Aprendi com as tristezas
E as frustrações fazem parte
De nosso dia a dia...
Contigo aprendi
Que o sorriso e a alegria
Desarmam qualquer inimigo
E que o amor
- Quando verdadeiro –
Vence qualquer barreira.

Madalena Alverne Medeiros da Silva

 

As mães que partiram

Existem mães
Flocos de saudade
Sons de esperança
Corpo de paz
Cabelos de anjos.
O tempo não desfaz
O tempo volta atrás
O tempo ama
Com o amor sem drama
Existem mães,
Mães que partiram
Existem filhos
Que sempre as amaram
Amor de partida
Amor eterno.

Renate Elisabeth Schmidt Aguiar

 

Mãe

Na maldade do mundo
Permanece intacta
A bondade de uma mãe.
Como um doce pássaro
Pousa suas mãos
Sobre nossa cabeça
E a respiração fica leve
Arrastando nas águas
Toda nossa angústia
E o que era tristeza brota
Como uma nova alegria.
Eis que surge a criança perdida
No tempo pela miragem
Dos olhos puros da mãe.

Rosana Ortiz

 

Minha mãe

Na memória do coração guardo as histórias que me contou na infância,
Como se cada dia as ouvisse novamente.
Tua compreensão demostra virtudes que não se encontram mais no mundo.
Com muito amor prepara um bolo delicioso que em lugar nenhum se encontra igual.
Sempre lembrarei da piscina de plástico onde me ensino a dar meus primeiros passos.
Certamente Deus te criou para revelar o quanto ele é bom.

Gabriela Vidal Domingues

 

Mãe

Mãe é a mais bela
Invenção do senhor…
É luz dos passos
De seus filhos…

É o berço do destino
Da humanidade
É o caminho d vida,
Apoiado no bordão do amor.

Eluíza de Bem Vidal

 

Mãe – Onde estás?

Mãe – no canto das horas
Mãe – no grito da dor
Mãe – nos sonhos perdidos
Mãe – no riso e na flor

Mãe – todos os minutos, todos os dias
Desde a aurora do mundo
Das entranhas da terra
Tua voz se levanta
E ressoa num toaque de amor e de guerra.

Mãe – onde estás?

Vera Beatriz Machado De Freitas

 

Mãe

hoje acordei com saudades
busquei por ti em cada canto
e encontrei o vazio.
revirei gavetas
e encontrei fotos amareladas
procurei tua imagem
procurei teu sorriso
me olhei no espelho
e vi no meu colo
todo o amor que um dia sonhei.
Olhei para minha imagem
e te vi em mim
porque agora eu me vejo mãe.

Rosana Ortiz

 

Mãe...

Mãe o teu amor é o que existe de mais pleno, no temor e na inquietação.
No aconchego do teu colo se faz o sossego.
Ès um ser encantado, uma esfera de proteção.
Mãe..espanta o medo e a alfição.
Mãe que se for preciso transforma-se em um Leão.
Mãe poço da sabedoria, auxiliadora, prestativa, fonte de compaixão.
Mãe que mesmo em lágrimas, coloca o sorriso no rosto, para acalentar meu coração.
Mãe universo mágico cheio de doçura, de bondade e compreensão.
A mãe... Se pudesse parar o tempo te daria vida e eterna, tu és minha dignidade, meu oxigênio, meu pilar, meu mundo, és a batida do meu coração.

Andréli Deicke

 

Mãe

Por quantas vezes me embalou
Noites afora...
Por quantas vezes desejou
Que minhas dores fossem as tuas...
Por quantas noites meu choro
Foi para teus ouvidos
A melhor melodia...
É a única pessoa que daria sua vida
Para nos livrar de qualquer dor...
Nos ama, incondicionalmente...
Nos vê desde um ano, Dez, trinta, cinquenta.
Como eternas crianças...
Mas é a pura expressão do amor
Cuidado e proteção...
Pois delas nascemos todos os dias
E delas temos tudo...
E não sei o que seria de nós
Se não fossem em nossas vidas
Esses anjos chamados de Mãe...
De ti tenho o amor total
E te retribuo com ele...
Tendo o teu abraço ou não
Tendo o teu aconchego ou não...
Mas o fato é que te amo
De qualquer jeito...
Seja aqui ou com Deus
Tu viverás dentro de mim
E te amarei eternamente...

Marcelo Batista

  • amigo

É preciso estar logado para deixar o seu comentário. Clique aqui para fazer seu login.

Comentários (0)

  • Nenhum comentário para o conteúdo.

JP no Facebook