Adcionar aos Favoritos   Sua Página Inicial
    
 
   Segundo Caderno - 12 e 13/1/2002

Som do verão: Planeta Atlântida, a festa de todas as tribos

O maior e mais badalado festival de música do sul do país comemora sua 11ª edição este ano nos dias 1º e 2 de fevereiro reunindo 29 atrações nacionais e gaúchas na sede campestre da Saba, na praia de Atlântida. Mas a festa já começa no dia 31 com o Planeta Atlântida Preview, que será realizado no espaço Jamaica Bay.
Uma mega estrutura está sendo montada para receber mais de 40 mil planetários que se deslocarão de várias cidades para curtir a festa, que atenderá a todos os públicos e gostos. Reggae, rave, forró, salsa, hip hop e dance são os ritmos que ocuparão os espaços deste planeta da música. A festa conta ainda com DJs badalados que vão ambientar a pista dance, informou Natália Ferreira, assessora de imprensa do Planeta Atlântida 2002.
Com o slogan Planeta Atlântida, “A Maior Festa do Planeta”, os realizadores Orbeat e DC Set Promoções, com promoção da Rede Atlântida e o patrocínio de Lojas Renner, Telefônica, Petrobras e Pepsi, prometem fazer mais uma vez do Planeta o maior agito deste verão.
Os passaportes para o festival podem ser adquiridos a partir desta segunda-feira. Os prevenidos, que não querem perder a festa, podem se antecipar adquirindo os ingressos no site do Planeta. O endereço é www.planetaatlantida.com.br. O pagamento deve ser feito com cartão de crédito.
CAMAROTES - Uma das novidades da atração este ano, segundo adiantou Natália, se refere as mudanças radicais que serão promovidas nos camarotes em relação ao ano passado. Fechando com uma tendência dos grandes eventos nacionais de cultura e diversão, pela primeira vez serão colocados à venda camarotes privados de 50, 100 e 1000 pessoas. Com relação ao ano anterior, o grande diferencial é que o camarote para 1000 lugares será ampliado para três setores comportando 3.500 lugares. Os camarotes serão divididos em setores: Sol, com 50 a 100 lugares, à venda para empresas e pessoas físicas, Lua, individual, e Estrela, que abrigará os patrocinadores Renner, Telefônica, Petrobras e Pepsi, mais a imprensa. Os contatos para maiores informações poderão ser feitos através do telefone (51) 689-5211, com a produção do evento.

Quem faz a festa
O casting de 2002

Maskavo
Bidê ou Balde
Raimundos
Ultramen
Nayah
Planet Hemp
Titãs
Produto Nacional
Comunidade Nin-Jitsu
Acústicos & Valvulados
Tihuana
Ana Carolina
Planet Roots
Tequila Baby & Marky Ramone
Tribo de Jah
Capital Inicial
O Rappa
Charles Master
Skank
Nenhum de Nós
Frejat
Jorge Ben Jor
Canamaré
Motivos Óbvios
Natiruts
Supla
Dazaranha
Cachorro Grande
Bandaliera

Adiante-se
Você pode entrar no Planeta antes da festa começar no litoral. Basta acessar www.planetaatlantida.com.br e saber tudo sobre as atrações do festival.
O habitante do planeta pode conversar com outras pessoas no chat, votar nas enquetes, participar dos fóruns e usar um mural virtual para deixar seus recados.
Ainda tem o Sua Jornada, uma área especial onde a galera conta as histórias dos outros Planetas.
O site disponibiliza ainda vídeos e sons da área de multimídia, com clipes e fotos dos anos anteriores e da festa de lançamento realizada em dezembro na Liquid.
Depois dos shows a galera poderá voltar e conferir momentos de destaque da grande festa.

Para saber mais
Tudo sobre o Planeta Atlântida 2002
Os espaços do Planeta

Jamaica Bay - o espaço de reggae, surf, salsa e merengue no Planeta
Techno Zone - a rave do Planeta
Ghetto - aqui o hip hop toma conta da pista
Forrogodó - as bandas de forró da hora passarão pelo espaço da música que veio do nordeste brasileiro
Pista Dance - os DJs mais badalados vão ambientar a noite de quem preferir dançar até suar
Atendimento médico - O bem estar dos planetários ficará a cargo da Porto Alegre Clínicas, que estará com um QG no Planeta para atender o público.
Grife do Planeta - As peças da coleção Planeta Atlântida 2002 estão à venda nas Lojas Renner de todo estado.
Cobertura - A TVCom estará no festival para mostrar todos os detalhes da festa para quem estiver em casa. Um programa especial de preview vai dissecar os preparativos para o evento.

Moda praia: As novidades da moda para o verão

O bronze dos corpos ganhará um destaque a mais na estação do calor. Listras, estampas, cores, motivos náuticos, preto e branco e florais. A variedade de complementos, biquínis e maiôs apresenta opções para todos os gostos e tipos físicos, garantindo uma beleza ainda maior na beira da praia. Cangas coloridas, vestidos chiques, saias microscópicas ou elegantemente longas, calças de tecidos leves e esvoaçantes, shorts cavados e camisetes ousadas invadem as praias, acabando com a unidade do visual de verão. A diversidade permite mais que nunca que você possa escolher a peça que mais combina com seu corpo, seu estilo e seu astral. As saias curtas e os shorts ajustados fazem a parceria perfeita com os biquínis coloridos da estação, e são indicados para quem está com tudo em cima. Mas a moda praia oferece também a opção para quem precisa disfarçar algumas imperfeições ou quilinhos a mais, sem com isso perder o charme. A saída está nas calças leves e os vestidos, que apresentam modelos e padrões diversos tornando-se uma excelente opção. Se a questão é dar um up ao traje de banho, a novidade é cache-cour em tons coordenados. BIQUÍNIS - As novidades das coleções deste ano são as listras, que aparecem em diversas espessuras. Florais e formas geométricas, ópticos e xadrezes também são destaques. A ousadia fica por conta dos biquínis coordenados, que combinam peças lisas com estampadas e misturas de estampas. Nos tops, predominam as cortininhas invertidas, o tomara-que-caia e a frente única. O diferencial surge nos tops-faixas reforçados com lycra que garante melhor sustentação e conforto. Para as mais cheinhas e adeptas dos maiôs inteiros a novidade vem por conta dos modelos frente-única em várias cores e estampas. Estão em alta ainda, os biquínis double face e os tops de um ombro só. Para estar bem, “descoordene”. Calcinha e top; um liso, o outro estampado, em cores contrastantes. Aquelas que fazem o tipo mais clássica dispõem ainda de belos maiôs. Entre as saídas-de-praia, as cangas dão lugar a calças em material sintético, de secagem ultra-rápida, ou shorts. O fato é que ondas, pele bronzeada, corpos saudáveis e um certo alto astral estão no ar para marcar o estilo do verão. Cabelos e pele com aparência natural - mas muito bem tratados - sandálias, chinelos e bijuterias artesanais em couro, palha ou pedras complementam estas referências.

As altas do verão
NA AREIA E NAS RUAS - Para as meninas, as personagens da novela global O clone são a inspiração. Os acessórios de uma das protagonistas, Jade, vêm com tudo para as areias. A pulseira-anel de várias cores e modelos e o bracelete torneando o braço compõem o visual. Vale também o anel no dedo do pé, que já foi tido por muitos estilistas como brega. Entretanto, nenhuma onda pegou mais que a dos desenhos nas unhas. Os modelos vão de estrelinhas e florzinhas até símbolos orientais. Os meninos não ficarão de fora. Mais ousados, decidiram bronzear as coxas e retomaram o uso das sungas, aposentando os bermudões. A decisão privilegia aqueles que podem mostrar o trabalho de um ano, apresentando um corpo malhado e em dia.
Para os meninos vale ainda o estilo cool, que traz calças, camisas e bermudas que inegavelmente lembram a presença do mar mas esquivam-se de citações mais literais, como as estampas de palmeiras e/ou com motivos havaianos.
FESTAS DA NOITE - As festas noturnas continuam a requerer um saltinho. Nas boates, os ritmos que prometem acontecer são o forró e a gafieira. Para dançar a dois ou bem agarradinho. Os vestidos com motivos florais são uma boa pedida. Frente única com saias em tecidos leves, como musseline, garantem um visual mais chique e com um leve toque de ousadia.
A moda dos meninos segue a mesma tendência sexy, mas, claro, contém-se mais, apostando em calças retas e blusas mais próximas ao corpo e - sempre - usadas para fora da calça. Preto, branco ou estampado são as melhores opções.

As baixas do verão
O fio-dental perdeu sua força este ano. Vale agora o biquíni mais comportado, confortável e em estilo saint-tropez. A sensualidade agora fica por conta da barriga de fora adornada por piercing ou pelas tatuagens de henna. Outro acessório que combina com os modelos de praia é a correntinha na cintura.
Os meninos já não estão mais na onda do cabelo raspado. A onda agora é cabelo mais longo, em cortes desfiados ou com cachinhos.
Os bermudões também já eram. A moda agora são as sungas de várias cores e padrões.

Beleza
Cabelos merecem atenção especial
O verão é o período mais crítico do ano para a saúde do cabelo. Não bastasse o tórrido clima tropical, o cloro da piscina, a maresia e o sal da água do mar agravam a ação do sol sobre a estrutura capilar. Felizmente é possível chegar ao final da estação mais quente do ano sem danificar a cabeleira. Algumas dicas para que seu cabelo sobreviva ao verão.
1. Tose os fios. Se você tem vontade de encurtar o comprimento, agora é a hora. A medida de cortar as pontas regularmente deve ser mantida.
2. Use os produtos certos. No calor, é quase inevitável lavar diariamente a cabeça. Uma boa pedida é tirar proveito dos novos xampus, condicionadores e cremes para penteados específicos para o verão. É que estes produtos têm doses reforçadas de componentes hidratantes.
3. Intensifique a nutrição. Nesta época, a hidratação deve ser feita no mínimo quinzenalmente, sobretudo no caso de cabelos secos. Os crespos também demandam mais tratamento, pois a estrutura dos fios é achatada e as escamas mais abertas, o que dificulta a hidratação natural.
4. Cuidado com o secador. Quem recorrer ao aparelho deve usar protetor térmico ou termo-ativado. Estes produtos protegem os fios contra a exposição ao calor, sendo especialmente aconselhados para a realização de escovas.
5. Olho vivo na cor. Cabelos tingidos pedem atenção redobrada. É que a ação dos raios solares oxida e desbota mais facilmente os fios, exigindo que o retoque seja feito com maior freqüência.
6. Escolha géis de qualidade. Gel é a cara do verão, certo? Certíssimo, mas invista em marcas isentas de álcool, que não ressecam a estrutura capilar.
7. Beba água. Dois litros diários de água por dia garantem a hidratação de todo o corpo. Os líquidos estimulam o metabolismo, auxiliando o organismo a se livrar das toxinas, muitas delas eliminadas nos cabelos, como resíduos de medicamentos e minerais, como o chumbo.
8. Manere nos finalizadores. A aplicação de ceras e silicones deve ser feita com parcimônia, pois estes produtos podem sensibilizar o cabelo sob os efeitos do sol. Na dúvida, teste.
9. Vá de lenço e chapéu. Estes acessórios são uma forma elegante e eficaz de proteger a cabeça da ação direta dos raios solares. Contudo, não use modelos excessivamente fechados. É que o superaquecimento do couro cabeludo aumenta a oleosidade e pode causar descamações.
10. Lugar de boné é na cabeça. Para os homens, os bonés devem ser bem ventilados. O uso é essencial para calvos e idosos, visto que a ação direta do sol pode queimar o couro cabeludo. A aplicação de bloqueador solar também é indicada.

Bandas: Vem aí o 3º Festival de Bandas

O Jornal do Povo e Sesc em parceria com a Administração Regional do Estado do Rio Grande do Sul realizam no próximo dia 17 a terceira edição do Festival de Bandas. O evento, consolidado por revelar talentos, abre o período de inscrições nesta segunda-feira. Serão selecionadas três bandas, que receberão como prêmio R$ 300,00, R$ 200,00 e R$ 150,00, para o primeiro, segundo e terceiro lugares, respectivamente.
Os integrantes das bandas deverão selecionar até duas composições com a cópia datilografada das letras, identificadas com os nomes dos autores e título, que deverão ser anexadas à ficha de inscrição devidamente preenchida. É necessário ainda incluir uma fita cassete com as músicas, em condições ideais de audição. Os trabalhos deverão ser entregues na sede do Sesc, em envelopes lacrados, durante horário comercial. As composições que forem inscritas deverão ser apresentadas pelas bandas no dia do festival. Os concorrentes passarão por uma seleção prévia realizada por uma comissão formada especialmente para este fim. O resultado da seleção será divulgado pela imprensa.
O festival tem como objetivos promover o intercâmbio cultural, difundir a música como um dos meios essenciais de expressão cultural, incentivar a criatividade musical e intensificar o movimento musical na região. Todos os participantes receberão um certificado de participação. A comissão julgadora avaliará os quesitos afinação, ritmo, interpretação, interatividade com o público e número de componentes. A oportunidade de divulgar o trabalho é para todos os tipos de bandas e gêneros musicais.

Para saber mais
Os regulamentos podem ser retirados já nesta segunda-feira na sede do Sesc, na Rua Saldanha Marinho, 1197, bem como as fichas de inscrição.
O local para a realização do festival ainda será definido.
As composições escolhidas pelas bandas podem ser de diversos gêneros, em língua portuguesa ou estrangeira e até mesmo instrumentais.
Cada banda poderá inscrever no máximo duas músicas.
Serão destinados 10 minutos para cada apresentação.
A vencedora do Festival de Bandas do ano passado, banda santa-mariense Estação Zero, ficará responsável pelo show de intervalo.

Exposições: Espaços culturais tomados pelos cachoeirenses

Os alunos do Atelier Livre estão ainda ocupando os espaços culturais da cidade com seus trabalhos oportunizando aos cachoeirenses conferir trabalhos diversos. A artista e professora Helenara da Rosa tomou o hall do Hospital de Caridade e Beneficência com belos quadros em tela e um trabalho de acrílico sobre uma telha de amianto intitulado Girassóis. Outra obra que merece ser conferida é o quadro Outono, uma pintura de óleo sobre tela com sobreposição de estopa, detalhe que confere um toque especial ao trabalho. A exposição permanece até o próximo dia 6. A visitação pode ser feita em horário comercial. Os interessados em adquirir alguns dos quadros pode contatar com a artista pelo telefone 3723-3803. Outros trabalhos dos alunos das oficinas de arte do Atelier Livre Municipal podem ser conferidos no hall do Hamburgo Hotel, que apresenta esculturas, e Divinut com as obras premiadas no concurso Nozes na Primavera.

Noite: Jô D’Jorge é a atração no La Barka

O La Barka está com uma atração a mais para o público que prestigia o restaurante. As noites agora estão sendo animadas pela cantora Jô D’Jorge, cachoeirense que já realizou turnês pela Argentina, Uruguai e diversos municípios do estado divulgando seu trabalho. No currículo Jô possui a autoria da melodia do hino da escola Rio Jacuí, primeiro trabalho de sua carreira, e o privilégio de ter sido a primeira e única mulher a passar por um treinamento musical junto aos militares do 3º Batalhão de Engenharia de Combate. Jô acompanhou a banda militar por um ano fazendo o vocal durante as apresentações. Seu estilo musical é bastante variado indo desde Celine Dion, passando por boleros e canções italianas, até Sandy e Júnior, que ela costuma cantar em homenagem ao público infantil. “Prefiro músicas românticas, pois uso de toda minha sensibilidade durante as apresentações”, disse. Como toda boa romântica, Jô não dispensa de seu repertório as canções do rei Roberto Carlos. O público pode conferir o talento da cantora diariamente, a partir das 18h, no restaurante La Barka, que funciona junto ao Loló do trevo.

Música: Os Atuais lança CD ao vivo

O grupo Os Atuais lançou seu mais recente trabalho, um CD gravado ao vivo em show realizado em Tucunduva, cidade de origem da banda, reunindo mais de três mil pessoas. O novo trabalho já está à venda. O primeiro CD ao vivo da banda marca uma nova etapa no trabalho dos Atuais, que lançam no final de fevereiro o DVD do mesmo show. A qualidade vocal e instrumental é o ponto forte do CD. “Por ser um trabalho ao vivo tivemos de o máximo de cuidado no que se refere a afinação e harmonia”, salientou Ivar da Costa, líder do grupo. Ao todo são 14 antigos sucessos que marcaram a carreira de 34 anos ininterruptos de trabalho, completados no último 5. Entre os mais conhecidos sucessos estão “Barco do Amor”, que rendeu ao grupo um disco de ouro, “Morena de 15 anos”, “Alice”, entre outros. O grupo, que participa de shows e bailes em várias cidades do país e na Argentina e Uruguai, conquistou até agora dois discos de ouro.

Leitura

AWANKANA: O SEGREDO DA MÚMIA INCA
Giselda Laporta Nicolelis e Ganymédes José (infanto-juvenil)

Quatro desconhecidos são encontrados no interior do Museu de Arqueologia Latino-americano ao lado do esquife da múmia de um menino inca. Os corpos estavam mumificados, vísceras sem nenhum teor de umidade. No chão, uma faca cerimonial de ouro com a figura de um deus alado pré-incaico. Assim começa o grande mistério desse livro que vai prender você do princípio ao fim. (Biblioteca Pública Municipal).

OS ESTUPRADORES
Harold Robbins
Em “Os estupradores”, emocionante mergulho de Harold Robbins no mundo da máfia, um falso homem de bem tenta convencer seu sobrinho a assumir o controle de sua poderosa organização criminosa. É o princípio de uma violenta batalha pelo poder, na qual tiros e sedução são armas igualmente mortais. (Biblioteca Pública Municipal)

Agenda
16/1/2002 (quarta-feira)
HORA DO CONTO NA SEÇÃO INFANTIL
Horário: 10h30min

Vídeo

Todo mundo em pânico 2
Comédia
Brincando com o terror, o professor Oldman (Tin Curry) e Dwight (David Cross), seu assistente, preparam um final de semana hilariante e superespecial.
Uma experiência sobre exorcismo, onde Cindy (Anna Faris) e “aquele” grupo de jovens malucos e assustados deverão ficar sem dormir. A incrível arapuca terá lugar na Casa do Inferno, um casarão mal-assombrado afastado da cidade e onde não falta nem o repulsivo mordomo sempre presente nas melhores histórias de terror. Como alvos dessa comédia escrachada, encontramos “O exorcista”, “Poltergeist”, “A casa da colina”, “Revelação” e até mesmo “As panteras” e “Missão impossível 2”. Agora muito mais engraçado. Imperdível!

Evolução
Comédia
Uma comédia de ficção científica repleta de efeitos especiais. Começa com um grande meteorito chocando-se contra a Terra no deserto do Arizona e liberando seres unicelulares vindos do espaço sideral, que começam a desenvolver-se rapidamente, dando início a um novo ecossistema, com espécies mais fortes e adaptáveis do que estamos habituados a ver. São criaturas que levam um mês para evoluir o que os humanos levaram bilhões de anos.
Imediatamente o Exército americano toma conta do lugar e convoca dois cientistas para investigar o fenômeno. A eles se juntam um bombeiro e uma pesquisadora do centro para controle de doenças. O problema é que o Governo parece não estar dando muita importância ao caso, até que as monstruosas criaturas passam a ameaçar a raça humana.

Carona para o inferno
Suspense
Após dar uma carona a uma bela mulher, Harley (Jennifer Esposito), o solitário Ray Bannet (Robert Patrick), dono de uma videolocadora praticamente falida, vê sua vida mudar repentinamente. Ela propõe a Ray que a ajude a retirar dois milhões de dólares roubados de um banco local e fique com a metade do dinheiro. Mas somente quando eles começam a colocar o plano em prática é que Ray percebe que nada é realmente o que parece ser, a não ser o dinheiro. Porém, é tarde demais para recuar.

JORNAL DO POVO LTDA.
Rua 7 de Setembro, 1015 - Fone (51) 3722-1919
Fax (51) 3722-7501 - CEP 96.508-011

Cachoeira do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
Email: jp@jornaldopovo.com.br

© Copyright Jornal do Povo. Todos os direitos reservados. Powered by DieHarDbgg